sábado, 15 de dezembro de 2018

♥ BC “Na casa da Vizinha” – Blogagem Coletiva Mensal 5 ♥



Hoje  o tema da 5 ª BC Na casa da vizinha é esse:

Vejam lá na e na Cris e participem!

O tema dessa edição é:

“A cobrança do segundo filho”


Mais uma vez participo, mas apenas pra dizer que comigo também nesse caso foi diferente...

Não sofri a cobrança, muiiiiiiiiiiiiiito pelo contrário... 😃😃😃😃😃

Fui proibida pelo médico, por tantas complicações que tive na primeira gestação, de  engravidar pelo menos por dois anos.

Porém...sempre há um porém na minha vida...

Ouvi aquele papo do médico, vi o meu marido bem atento  e bem concentrado, firme em seguir à risca o recomendado.. Só que não "combinaram" com a parte principal no caso: EU... 

E eu segui firme e forte na nossa combinação de ter logo quatro "barrigudinhos", para preencher nosso banquinhos da mesa da cozinha, com seis lugares ,rs...

Queríamos uma família grande!!!
Não iria desistir assim no  mais!  Sempre fui teimosa como mula!


Assim, a pílula era dada na boca pelo maridão e...jogada para o lado e depois no lixo.

Estava firme e forte  na minha decisão.

Por isso, quando a mais velha tinha 1 ano e 1 mês, já foi promovida à filha mais velha, rs...

Portanto, como veem, não tive nenhuma cobrança...

Aqui aconteceu o contrário,rs.... 

beijos, chica

16 comentários:

  1. Chica... você é demais!! Do contra ahaha...
    Por isso gosto da BC porque vemos situações e experiências completamente diferentes das que a gente vive.. Ahhh eu sim.. por ter "só" Maria fui e sou muito "apontada"...
    Cansatiiiivooo...

    Não tinham como te cobrar com 4 heranças na casa não é mesmo?... Também... cobrar para o 5º? Já é demais né? rs

    Muito obrigada pela participação mais uma vez. Assim que sair meu texto levo seu link...

    Adorei!

    Beijos doces

    Tê e Maria ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi Chica,
    Você é demais nas poesias e relatos. Mui teimosa.kkk
    Comigo foi diferente: não engravidava nunca( ficou o trauma: fui adotada e apanhava muito dela), só que queria um filho e aos 35 anos adotei um filho(hoje com 36), ele é o cara! Amo de paixão.
    Parabéns Chica!
    Adorei
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Ai Chica! Vc é demais!! Kkkkk
    Mas, Tb com tanto espaço a na mesa, tinha que preencher!! Oras!
    Fiquei aqui imaginando suas traquinagens com a pílula. A gente, digo a mulher que decide mesmo essas coisas...
    Amei sua participação.
    Bjs, Cris

    ResponderExcluir
  4. Delícia de participação, hahaha tu eras danada mesmo, enganastes os dois!!
    Acho tão sentido cobranças desse tipo (situação amorosa, número de filhos, trabalho), cada um cuida de sua vida e sabe o que é bom para si e sua família e pronto.

    Achei tão linda a parte da mesa e as cadeiras...que frutos lindos deram.
    Abração e um ótimo domingo para vocês!

    ResponderExcluir
  5. Amei ler amiga Chica,você é bem corajosa.rs
    Eu fiquei em uma filha só e que amo de paixão.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Força e coragem! Gostei de ler, como sempre. rsrs Desafiando gigantes e vencendo! Beijo!! Renata e Laura

    ResponderExcluir
  7. Un placer siempre pasar por este blog Saludos

    ResponderExcluir
  8. Boa noite querida Chica
    Seu relato mostra a mulher de fibra que é rsrs. Eu era estéril. Assim diziam os médicos. Como sempre o meu médico é Jesus médicos dos médicos fui a luta fiz tratamento e conseguir engravidar e já com 6 meses ainda queriam interromper. Eu respondi nem morta kkk. É foi assim quê me tornei mãe . Não tive cobrança do segundo filho pois todos participaram da nossa batalha para conseguimos ser pais. Depois surgiram os filhos do coração. E minha filha não tenho nem palavras para descrever um anjo de luz. A melhor filha que Deus poderia ter me dado. Um milagre foi me tornar mãe e Deus caprichou rsrs. Feliz semana. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  9. Chica que alegria saber como foi a tropinha preenchendo os banquinhos em volta da mesa!
    A tua primeira frase já nos arranca um sorriso do rosto!
    adorei a tua participação.
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Muito interessante este post.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. kkk Lendo você Chica, tenho que rir, gosto deste modo irreverente de ver a vida e saber passar por ela com seus pensamentos e assim cumpriu sua meta de mãe e educadora. Meus parabéns pela participação com toda experiencia para as meninas da série.
    Um abração.

    ResponderExcluir
  12. Muito interessante esse papo. Comigo foi o contrario me segurar pra não engravidar na lua de mel. Minhas colegas de trabalho. Insistiram tanto q me fez tomar comprido assim q casei. Foi horrível cai aos prantos qdo fez um mês e não Estava grávida. Mas no 2°mês deu certo já estava grávida. E assim que meu primeiro filho completou 10meses pra minha alegria engravidei de minha segundinha. Eu tinha pressa queria 05 filhos. Até gêmeos eu queria pra termina a.cota logo. Rsrsrs eu era assim. Mas Deus não quiz assim. Meu esposo faleceu com 05 anos e dez meses de casados então fiquei com dois frutos desse amor. Por isso comigo ninguém cobrou não deu tempo. Agora netos cobravam e muito. Como demorava um pouco. Meu filho já casado a quase seis anos mais Deus foi tão grandioso que enviou dois de uma vez só. O q entendo q a vida é Dom de Deus e tudo é como Ele quer e no tempo dele pois é soberano e dono da vida. Bjs Chica gostei desse papo. Faz a gente recordar nossos momentos. Feliz Natal pra vc querida. Amo vc e Deus ainda mais

    ResponderExcluir
  13. Oi Chica, é sempre uma alegria passar por aqui.
    Com sua leveza e palavras decisivas, a família foi construída e formada, simples assim...
    Eu acho lindo demais família grande, sou fã, admiro e incentivo para todos que desejam, porque vale a pena...
    Não acredito nas cobranças (rs), acho que são apenas referências de outras gerações, curiosidades, etc... Por isso encaro com leveza as perguntas... Lá em casa por enquanto tenho apenas 1, mas quem sabe venha outros, não sei...rs Enfim, acredito que cada família é unica e todas lindas em suas essências e número.
    Amo passar por aqui.
    Beijos no coração.
    Ju

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde Chica,
    Adorei saber como foi com seus primeiros filhos e a vontade enérgica de ter logo uma turminha de quatro.
    Eu era mais frágil de vontade. Ainda em namoro o marido disse que gostaria de seis e acho que me assustei. Tive dois graças a Deus. O segundo foi outra bênção para nós.
    Beijinhos e um lindo dia.
    Ailime

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !