terça-feira, 14 de maio de 2019

♥ 10 ª BC Na casa da vizinha ♥

Hoje  o tema da 10 ª BC Na casa da vizinha é esse:

Vejam lá na e na Cris e participem!

O tema dessa edição é:

Desejos de uma mãe para seus filhos...

Acabamos nesse domingo, de festejar o dia das mães.

Recebemos carinhos, festejamos com alegria, muitas risadas, mimos, tudo na maior alegria.
Porém, nem tudo são  apenas rosas...
Mesmo nas datas festivas, percebemos quando um ou outro filho bem não está!

Sofremos interiormente com isso, ainda que não demonstremos.
Mas sabemos, nem precisam falar!

Sabemos quando a situação econômica  não vai bem, sabemos tudo...E a preocupação povoa nossas mentes, pois  os problemas não atingem apenas eles, mas sim aqueles que foram colocados no mundo, responsável ou irresponsavelmente por eles. E ficamos até irritados, pois a irresponsabilidade de uma atinge uma família inteira, de uma ou outra forma.

Gostaríamos de ver filhos que foram criados com o maior carinho, conseguir estar bem na vida adulta. Nem sempre é possível e fica uma lacuna , um buraco em nosso coração... tentamos remediar daqui, dali, ajeitar situações , mas as coisas simples assim não são. 

Enquanto aqui estivermos, isso podemos fazer, tirando dos demais para dar ao que mais precisa, aos seus filhos.  Porém, estamos numa idade  que não  mais somos bebês e a pergunta que não quer calar chega e fica sem resposta:  

-O que será deles então, quando daqui partirmos?
Tenho certeza que estarei me revirando na tumba ,😏😏😏.

Quando nos tornamos mães, assim que chegam aos nossos braços, queremos SEMPRE  o melhor pra eles. Que tenham saúde, amor, respeito, trabalho, educação pela vida afora...

Quem conhece alguma mãe que assim não quer?

Bom,acho que consegui dizer o que as mães querem e o que não gostariam de ver  acontecer aos filhos... Estou com a língua solta e os dedos voam no teclado a acompanhando, rs...




Agora  é hora de ver  e ver o que outras mamães acham?


bjs, chica


10 comentários:

  1. Claro que sim Chica!
    Uma mãe deseja que seus filhos cresçam mentalmente saudáveis para serem adultos conscientes e felizes!
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Complicado, Chica!
    No fundo só queremos que eles sejam felizes e que não sofram, daí a preocupação.
    ÁS vezes essa preocupação pode ser pesada então é hora de pensar que cada um tem sua vida e responsabilidade por suas própria escolhas. Não são as mães que escolhem, são eles, assim como nós escolhemos.
    Abração!

    ResponderExcluir
  3. Oi Chica!!!!
    Os dedos que voam nos teclados são maravilhosos rs
    É amiga, ver nossos filhos apertados com a vida não é fácil. Parece que mesmo adultos e cheios de responsabilidades, continuam interiormente bebê imaturos. Parece que temos que falar a vida toda para saberem o que devem fazer.. e dar bronca, ficar brava e dar colo...

    Mas não é assim.. o colo até tudo bem, os conselhos também, mas agora é com eles, é a responsabilidade de cada um.
    Mas não deixa de doer na gente e sentimos pelos netos e por eles mesmos também...

    Sim, desejamos alegria, felicidade, responsabilidade, autonomia e tudo mais que uma mãe inocentemente sonha! Não é querer muito é?

    Muito obrigada pela participação mais uma vez...
    Adoro estar aqui e ler suas palavras... imagino cada situação te lendo..

    Um beijo doce no coração. Gratidão!

    Tê e Maria ♥

    Já levei seu link!

    ResponderExcluir
  4. Chica, você não imagina como é importante a visão dura e difícil que você nos mostra. Porque quando são pequenos, quando ainda estão sob as nossas asas, tudo é, até de uma forma poética, superado. Mas a vida tem suas asperezas e quando um filho está com problemas, ainda que seja pelas atitudes dele, claro que isso nos afeta. Nessas situações não se trata de corujice de mãe, mas de saber que podem passar todos por privações de alimentos, educação, perderem a paz por conta das dívidas...
    É muito real, a gente não quer que aconteça mas podemos ser surpreendidos.
    Que a gente tenha clareza nestes momentos e que eles ganhem algum aprendizado nas situações difíceis.
    Vou ainda escrever minha participação depois de passear com o cachorro que é de responsabilidade deles, mas que sobrou para a mãe!

    ResponderExcluir
  5. Desafios vida afora... pois os pais não são pela metade. Inteiramente permanecem sempre com a série de emoções apresentadas abertamente em cada fase e idade deles. É o amor desesperadamente comprometido até o fim.

    Beijo.

    Renata e Laura

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Chica, os desafios da vida são inúmeros e nós como mães e tb como filhas sabemos bem como as situações do dia a dia se apertam!!
    Com certeza nosso desejo como mães é sempre o melhor pra eles!
    Mas, a vida é uma lição! Um aprendizado e são essas mesmas situações difíceis que forjam nosso caráter!
    Então, amiga, eles superarão sim!
    Vencerão!!
    E serão melhores que antes.
    Amei seu relato e obrigada por participar conosco!
    bjs, Cris

    ResponderExcluir
  8. Participação boa demais! Ser mãe é tão precioso, mas estamos sempre sentindo com eles “as agonias” do dia a dia. Puxa, coração de mãe faz “tum-TUM” diariamente...
    Vamos adiante, Deus nos dá porção nova a cada manhã...
    Reflexão ótima você trouxe agora...
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Ooooo Chica, compreendo muito bem suas palavras!
    Não tem mãe que não sofra com o sofrimento, as dores ou as dificuldades dos filhos... E você falou muito bem, a gente percebe tudo, inclusive as palavras não ditas...
    Mas tem algo que eu aprendi depois que eu casei: a gente só aprende quando encara as dificuldades e as adversidades com responsabilidade, porque tem muita situações que a gente só aprende nas adversidades mesmo...
    Não tem jeito, a gente que é mãe a gente sempre vai sofrer, mas temos que dar força para o bem, o lado correto, custe o que custar, porque lá na frente a luz volta a brilhar...
    Confie em Deus, peça sabedoria para a família, força e coragem para enfrentar as adversidades... Não tem uma família que não tenha dificuldades, a diferença é que ninguém publica (rs), mas todos temos...
    Eu sei, as vezes é difícil descansar na palavra do Senhor, e confiar, mas ore, creia, confie, tudo se ajeita...
    Beijos doces, Chica querida!
    Amo vir aqui...
    Ju.

    ResponderExcluir
  10. Boa noite Chica.
    Aqui um depoimento muito importante para as jovens mães. A felicidade nunca será geral e ou completa e as noites mal dormidas serão modificadas com outras preocupações como aqui elencadas sabiamente. Filhos não crescem aos olhos dos pais e assim os desejos serão constantes e modificados.
    Gostei e acrescenta muito ao projeto da Tê e Cris.
    Meu abraço de paz na feliz semana.

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !