sábado, 13 de fevereiro de 2021

♥ Bahhhh!... 👀😱😱♥

Passamos nossos dias ajeitando daqui, arrumando dali, quebrando "galhos" pra um e outro, acertando os pontos pra ver os ponteiros do  relógio das nossas vidas melhores horas marcar!

No entanto, tuuuuudo pode acabar em segundos...

Dia desses ao sair de uma consulta, acompanhada com meu neto, ele deveria seguir  caminho, cumprir tarefas... 

Eu voltaria para casa de táxi...

Atravessamos uma rua importante, tri movimentada e eu dando a ele todos os passos "pra depois"...Falava, falava e...uma freada brusca ,cujo motorista deve ter sido guiado pelo nosso anjo da guarda... 

Creio ainda mais, na minha idade, após tanto tempo sem  sair de casa pra nada, não andar mais nas ruas, a coisa ficou mais danadinha...

Completa e TOTALMENTE distraídos, nem vimos o sinal aberto aos motoristas e assim, por um triz, mas por um tiquinho mesmo, escapamos de virar "duas bananas "estateladas ao solo...

E o motorista nenhuma culpa teria...    

E daí?  De que adiantariam as instruções para o depois:? 

Tuuuuuuuuuuudo poderia ter ali mesmo acabado  ou, no mínimo, sérios problemas pra nós arrumados...

Eu atribuo ao fato de estar meia que zonza na rua...😵Coisa nada mais habitual pra nós... Até nisso a pandemia deixa seus rastros... Credo!  

Só temos a agradecer e muito, em dose DUPLA!!!

Que sirva de reflexão pra banana vó, banana neto, pra quem aqui chegar... 

Estejamos "presentes" no momento... 

O depois vem depois  e, por vezes, pode nem chegar.

Depende também do nosso cuidado...


beijos, chica

10 comentários:

  1. Chica, você narrou o fato com bom humor, mas que susto, hem??? Sabe que, vez ou outra, também me sinto meio zonza, como se tudo ao meu redor não me fosse totalmente conhecido? Nossa, esse isolamento não tem ajudado nossas cabecinhas rss. Até atravessar uma rua começou a exigir mais atenção. Ainda bem que tudo terminou bem!! Os anjos da guarda marcaram presença. Grande beijo!

    ResponderExcluir
  2. Menina, que susto e olha que foram os dois juntos a se distrair!
    Sabe que também ando com medo de andar na rua, atravessar? Ano passado também aconteceu comigo de me distrair, na verdade estava ligada no sinal verde mas só de um lado, não observei que tinha uma saída de ônibus do terminal...fiquei morrendo de vergonha, se o motorista não estivesse ligado no movimento teria me dado mal...botei a mão na cabeça e fiz sinal de desculpas, queria ser invisível naquele momento.
    Ficar pensando no futuro nos distrai, até para olhar a natureza estou mais esperta, já não consigo assoviar e chupar cana ao mesmo tempo hehehe
    Ainda bem que não aconteceu nada, és Chiquita bacana e não Chiquita banana amassada! :D

    ResponderExcluir
  3. Só de imaginar a cena, tremi de susto. Quanto perigo... se não fora a proteção dos anjos. Ainda bem que deu tudo certo.

    Beijo!

    Renata e Laura

    ResponderExcluir
  4. Que situação chata Chica. Já vivi situação semelhante e só muito depois que a gente para e pensa no que poderia ter acontecido.
    Vive-se dias complexos e muitos vacilos são cometidos e muitos fatais mesmo.
    Deus intercedeu.
    Abraços e paz no coração.

    ResponderExcluir
  5. Que susto Chica, a verdade é que com tanto tempo em casa estamos todos atordoados, ainda bem que ficaram todos bem. Bjs, Sueli

    ResponderExcluir
  6. Bom fim de domingo, querida amiga Chica!
    Também me sinto a et quando tenho que ir a vez na vida ao médico. Que loucura viver como bicho hoje em dia.
    Parecemos que viemos da roça na cidade...
    Imaginei a cena e senti até o vento da máquina em vocês.
    Deus é Pai!
    Esteja bem, amiga.
    💐👼🙏🕊️😘

    ResponderExcluir
  7. Eu repito: CRÉÉÉDOOO!... Amiga, que susto!

    Penso que já nem sei andar... Estamos em confinamento geral até à Páscoa, inclusivé...
    E vai morrer nuita gemte ainda. Hoje a minha filha viu um homem que saíu do elevador, tirou a máscara do bolso e só a colocou na rua porque é obrigatório... Não podemos usar i elevador...
    Já nem sei caminhar...
    Boa semana com sorte e tudo de bom... Beijos
    ~~~~~

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Chica,
    Situações meio dramáticas, mas graças a Deus que nada aconteceu.
    Acontece aos melhores situações como essa, mas acredito que a pandemia tem muita influência nos nossos comportamentos e saúde psicológica. Falo por mim.
    Beijinhos e tudo de bom para Vovó e Neto.
    Ailime

    ResponderExcluir
  9. Nos últimos anos tenho tentado, as vezes fraquejo nessas tentativas, viver um dia de cada vez sem planos mirabolantes justamente por ter entendido que a vida é frágil, qualquer coisa desarranja nossos planos. Que bom que o Anjo da Guarda estava atento (acho que ele sempre estar) e vocês estão bem.

    ResponderExcluir
  10. Pois é, Chica, quando tudo isto passar, não vamos saber andar na rua, não saberemos abraçar, beijar ou cumprimentar alguém na rua. Vamos perder esse lindo costume de manifestar os nossos afectos. Já viste a tdisteza de chegar um filho a nossa casa e ficar afastado, dizendo só " olá...esta3 tudo bem? E o abraço e o beijinho? Muito triste, Amiga! Ainda bem que não vos aconteceu nada? Um beijinho e SAÚDE!
    Emilia

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !