segunda-feira, 27 de setembro de 2021

♥ Histórias do viver...♥



Essa  é a BC da Norma Emiliano. Participem! O tema promete!


A proposta desta blogagem é que cada participante utilize a imagem deste post e narre uma história, ou seja, selecione um fragmento, evento, uma situação ou fase significativa da sua existência para compartilhar. Esta será postada no seu próprio blog e o link de participação será colocado aqui nos comentários.

A minha ficou assim...

Era dezembro 1968 e os noivos com casamento marcado para janeiro /69.

Mesmo às portas do enlace, os pais da noiva não deixavam que o futuro casal  tivesse tempo à sós...

Então, fica pronto o apartamento onde morariam.

Tudo arrumado, já próximo ao Natal, ela resolveu dar um bom astral na casa nova e assim, os dois foram fazer bolachinhas de Natal por lá, para dar cheirinho de casa e de família...
Ela havia sido criada com essas tradições...  

Milagrosamente conseguiram autorização para tal...

Foram e fizeram latas enormes de bolachinhas e, tenho certeza, as mais regadas à beijos e muito amor... 

Difícil foi arrumar outra desculpa, pois haviam feito grande quantidade e daria para um quartel alimentar,rs...

Mas ainda bem, logo chegou o dia de finalmente,sem pedir permissão, poderem juntinhos pra sempre ficar!

Valeu a espera e foram doces natalinos que inauguraram tuuuuuuuuuuuuuudo por lá!


Ah, ela até hoje,ainda os faz!


beijos, linda semana!  chica

10 comentários:

  1. Adorei o seu fragmento de história, muito bom e criativo. O contar na terceira pessoa ficou excelente, mas a emoção foi transmitada lindamente, simbolizando o ritual do casal para criar o seu nucleo .bjsss
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Uma bonita história, Chica! As bolachinhas devem ter sido distribuídas entre amigos e vizinhos, quem sabe...

    ResponderExcluir
  3. Que demais, chica, amei seu texto, cheio de afeto e amor regados a biscoitos natalinos. Momentos inesquecíveis que devem ser continuados em tradição na família.
    Os pais levavam os jovens namorados nas rédeas curtas como se dizia naqueles tempos :D. Adorei, abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Chica. Muito boa tua participação. Bem sei que a Joaninha sempre foi levada da breca e criativa demais. O namoro era bem assim e, os biscoitinhos, imagino que são gostosos e marcantes até hoje. Tradição muito boa de cativar anos afora...
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. O olhar é bem interessante!
    Gosto da inspiração 👏👏👏

    ResponderExcluir
  6. Ainda as bolachinhas para recordar momentos bons e adoçar os dias.
    Bela lembrança num conto.
    Abraços e boa semana leve.

    ResponderExcluir
  7. Linda a história e as bolachinhas devem ter ficado uma delícia, Chica.
    São tudo de bom!
    Um beijinho carinhoso
    Verena.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Chica,
    Linda a sua história e que bom que as bolachinhas foram regadas com beijos.
    Hoje as bolachinhas continuam a adoçar esse lindo casal e família.
    Adorei.
    Beijinhos e ótimo dia.
    Ailime

    ResponderExcluir
  9. Chica,
    realmente havia pouquíssimas oportunidades para os namorados e noivos ficarem a sós. Também sou dessa época. Lindos os biscoitos natalinos!
    Beijos, bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  10. Bom dia de Domingo, querida amiga Chica!
    Que linda história de Amor!
    Dizem que o peixe que pega pela boca ...
    Também gostava de fazer bolos, biscoitos e doces, fora os lanchinhos, os preferidos eram pastel de queijo.
    Você tem uma grande facilidade de se expressar com ternura e humor.
    As coisas eram mesmo de namorar na varanda com família junto...
    Muito obrigada pelo seu carinho no e-mail.
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Beijinhos com carinho de estima e gratidão

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !