Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???
Cliquem pra ver!

♥ Decisões...


92ª edição conto/história do Bloinquês;
Tema: Ela(e) desapareceu sem deixar pista alguma.

(((o)))o(((o)))o(((o)))



Nadia havia conseguido convencer Iran a voltarem naquela cabaninha onde haviam se conhecido, há tantos anos atrás..

Era a cabana do avô de Iran que hoje, estava desocupada, abandonada....

Estavam felizes, seria um final de semana sem filhos e ...só para os dois!
Yupi!!! Chegamos!!!

Nadia ao descer olha a cabana e começa a imaginar o quanto seria bom...
-Nooooossa,mas está caindo aos pedaços, fala logo Iran.

-Ora,nada que não possamos,com uma ajeitadinha, deixar do nosso jeito...
Vamos lá e entraremos com o pé direito, vai dar sorte, fala ela, animada.

_ Será? Já meio na dúvida ele retruca.

Começam a abrir janelas,tirar lixo, folhas secas de dentro de casa ,lavam, limpam, esfregam, ou melhor, ela faz tudo isso, enquanto ele reclama de tudo...

_ Ao final de algumas boas horas de limpeza por lá, após um bom banho com a água aquecida com o crepitar da lenha, já com a barriga roncando, ela coloca uma toalha xadrez sobre a mesa, flores recém apanhadas e ali mesmo, atacam uma "penosa" que haviam levado pronta e pão...

Mas,claro, ele não esquecera um vinho...

Após o jantar improvisado, mas romântico,vão deitar na cama bem afofada e cheirosinha...

Estavam bem abraçadinhos, e aconchegados, no maior clima romântico quando ela abre os olhos e vê algo preto enorme no teto...

Uuuuuuuuuui! grita com o melhor dos seus berros...

Com tal grito ele levanta-se sobressaltado, acende a luz do abajur e notam a presença de uma caranguejeira imensa e peluda...



Ele corre pra cozinha em busca de uma vassoura, decidido a acabar com a raça daquela bicha...

Ao voltar, Nadia estava em pé, imóvel e apontava,e com a pouca voz que ainda lhe saia,dizia: 

-Anda, corre, acha essa monstra!

Mas nada adiantou...Ela desapareceu sem deixar pista alguma.

Iran tentava convencê-la que era apenas uma aranha e que eles estavam no lugar dela já que a casa ficara tanto tempo fechada e ....patati,patatá...

Após um tempo, foram dormir, LITERALMENTE DORMIR, pois estavam exaustos do dia trabalhoso por ali e da terrível emoção, do medo...

Ela na manhã seguinte, pede pra irem embora dali antes do previsto, já que não se sentia bem .
Passara a noite toda agitada com medo da aranha e ainda os mosquitos haviam feito festa em seu rosto.

Seus olhos estavam esbugalhados, um quase fechado.

Os lábios ,polpudos fora do normal, pareciam estar inchados como após uma má aplicação de botox...

Era alérgica às picadas ...Estava se sentindo" linda" e ainda por cima, com dores, além da exaustão das faxinadas do dia anterior...

Assustado ao vê-a naquele estado,Iran arrumou tudo no carro, fecharam a casa e ele tem uma idéia.

Passam na cidade , entram em uma imobiliária...

Horas depois, já se pode ver a sua decisão...

Estavam felizes e certos,agora, da decisão ter sido acertada.

24 comentários:

  1. Chica
    Mais uma delissima estòria!!!
    Querida eu vivo numa quinta no campo e encostada a uma floresta onde existem mosquitos, aranhas, cobras e muitos outros bichos.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  2. Excelente sentido de humor! E assim terminou um dia que supostamente devia ter sido romântico, de uma forma tão agitada! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Há decisões em nossas vidas que não podemos adiar. Eu faria o mesmo que ele. colocaria a casa à venda. Sou, também, sensível, a qualquer picada de mosquito. Maravilhoso conto, Chica! O humor também presente. Abração.

    ResponderExcluir
  4. Ótima e indispensável decisão a de vender a casa, rs. Ninguém merece né, dormir e acordar da forma como a personagem acordou.

    ResponderExcluir
  5. Oi Chica...

    Saudades amiga!! passei pra deixar um grande bjo :)

    ResponderExcluir
  6. Olá Chica, tudo bem?
    Bem, como não sou nem um pouco chegada em casas, cabanas no meio do mato, achei ótima a ideia da Nádia de colocá-la à venda. Decisão acertadíssima.
    Nasci e fui criada em fazenda, já tive minha cota de mato.
    Adorei a história, viu, Chica, só pra variar.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Chica, eu não venderia de maneira nenhuma. Na verdade eles não gostam do campo. Eu adoro, vivo toda mordida de mosquitos, não uso perfume e sim repelentes. Adorei o conto. Você e suas histórias são maravilhosas. Carinhos e boa semana

    ResponderExcluir
  8. Tem que matar aranha para dormir...Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  9. Bah!!!Chica!!!

    Nem gosto de pensar!!!rsrsr
    Mesmo sabendo que a caranguejeira não é venenosa...só de olhar já dá um PAVOR!! Eu não conseguiria dormir...e nem deixaria o marido dormir também!!rsrs
    Adorei o conto!!!
    Mesmo adorando o verde...pra morar, prefiro a cidade!!!A natureza é só parar passeios curtos!!rsrsrsr
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  10. Oi Chica!
    Ah, que pen, mas fazer o quê!
    Eu não teria dormido até matá-la, já fiz isso com barata.rsss
    Òtimo conto! Muito espirituoso!
    Beijinhos e linda semana!

    ResponderExcluir
  11. KKKKK....Muito divertida a história!Coitados,mais trabalharam do que se divertiram!Ainda bem que decidiram vender a tal cabana!...rss....bjs,

    ResponderExcluir
  12. Ah, Chica,
    Eu ri demais!
    "os lábios polpudos como uma má aplicação de botox" é impagável, rsssss
    muitos beijos

    ResponderExcluir
  13. OI Chica,

    adoro suas histórias, sempre tão cheias de verdades!

    Gostei mesmo foi da "penosa" que eles levaram pra comer!

    Bjs e boa semana Chica!

    ResponderExcluir
  14. Confesso que quase me assustei com a Dona Aranha ali no meio.... rsrsrsrs
    Beijos meus!

    ResponderExcluir
  15. Eles ainda tiveram a coragem de dormir ali naquela noite? sem achar a aranha?
    pois eu não!
    se não acho a aranha ninguém dorme...fim de papo!
    Que horror Chica, e de onde você tirou aquela aranha feia que meche com as perninhas?
    Nossa, tenho pavor delas, são assustadoras e horriveis.
    qualquer dia faço uma postagem sobre uma que apareceu por aqui...me aguarde! rsrsrsrsr
    beijos, me diverti bastante com essa estoria maluca!

    ResponderExcluir
  16. Oi amiga Chica!!!

    Quanta confusão em um passeio que tinha tudo para ser super romântico!Ainda bem que não aconteceram coisas piores,né?Sábia decisão eles tomaram.
    Um bom e feliz dia para ti,amiga querida.
    Bjsssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  17. Ah,adorei este trevinhos caindo...muito lindos!!!
    Bjsssssss

    ResponderExcluir
  18. Adoreiii! Muito divertida!!

    Bjs,
    Mari

    atelierinbox.com.br

    ResponderExcluir
  19. Chica, querida. O comentário que c havia deixado lá em meu novo blog - RECOMEÇAR - desapareceu, juntamente com o e-mail, pois tive que alterar. Terei prazer em ter vc lá novamente e como seguidora tb. Me desculpe o transtorno.

    ...(¨`•.•´¨) Querida .(¨`•.•´¨)  
    .`•.¸(¨`•.•´¨) amiga•.¸(¨`•.•´¨)
    .`•.¸.•´          `.•.¸.•´
    ).. .(¨`•.•´¨)(In)felizmente
    ).. .(¨`•.•´¨) devolveram-me o
    ).. .(¨`•.•´¨) PÁGINAS DE POESIA
    ).. .(¨`•.•´¨) Meio nu, mas sem vírus
    ).. .(¨`•.•´¨) Estarei te linkando lá, novamente
    ).. .(¨`•.•´¨) em minha lista de favoritos,
    Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ❤✫♥ (◕‿◕)✿ ♥ que havia retirado,
    ).. .(¨`•.•´¨) seguindo orientações.
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) E,, como já havia criado o
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) “RECOMEÇAR”
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) continuarei com ele ativo tb.
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) Quem sabe, consigo a façanha
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) de manter os dois – nada prometo.
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯)Obrigada pelo apoio de sempre.
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) Beijo imenso
    (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯) Milla (¯`*•.¸εїз¸.•*´¯)

    ResponderExcluir
  20. Boa noite, querida amiga Chica.

    Adorei!!
    Eu nem teria dormido naquela noite, com med

    ResponderExcluir
  21. CONTINUANDO...

    Eu nem teria dormido naquela noite, por medo também, daqueles outros bichos, como lagartixa, calango, etc.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Por que será que no momento quase perfeito dado o clima romantico teve que aparecer um intruso e estragar tudo! Pessoalmente teria feito o mesmo que seus personagens,vendia tão logo possível o local.
    Abração!

    ResponderExcluir
  23. OI Chica,
    Muito bacana o texto e especialmente o final, que me pegou de surpresa. Adorei! Beijos
    Babi

    ResponderExcluir
  24. Chica, querida, tenho fobia! Eu teria saído correndo e não entraria mais na casa. Se não desmaiasse.
    Mas o conto é excelente. Adorei a venda da casa (rss). Fiquei me encolhendo toda, só de pensar na situação.

    Grande beijo

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !