Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???
Cliquem pra ver!

♥ Uma sombra...

92ª EDIÇÃO VISUAL do Bloinquês

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Sofia e Reneu namoravam  há vários anos.

Projetos de casamento, enxoval sendo providenciado aos poucos. A cada data, os presentes  escolhidos eram coisinhas para casa.

Pareciam formiguinhas preparando o seu novo lar. Tudo bem programado e preparadinho.

Mas a vida...Ah! Essa vida apronta!

E, para Sofia chegou uma doença incurável e cheia de sofrimentos.

Reneu sempre que podia, estava ao seu lado dando-lhe o carinho e amor, junto aos  familiares que lhe rodeavam.

Porém um dia, passados quatro meses de intensos tratamentos e dores, ela respirou pela última vez.

Reneu dava o apoio à  família de Sofia e todos percebiam que ele ainda era , por ela, apaixonado.Não a esquecera.

Vários anos se passaram e um dia, a família de Sofia foi surpreendida com o anuncio de casamento de Reneu, com Miriam, uma moça da cidade.  
Moça essa, que parecia ter sido procurada  com minúcias , pois era tremendamente semelhante à Sofia.

Casaram, tiveram filhos e no entanto, boatos corriam que ele não era feliz. 

E Miriam espalhava para todos que ele tinha outra e que , com essa, ela não poderia competir...

Sua rival era uma morta e dizia que essa , muito pior do que se  fosse uma viva. Ele havia sublimado, idealizado a antiga namorada como mulher ideal. 

Quando a beijava, Miriam sentia que Reneu se trasformava, parecendo ver a outra e assim em todas as ocasiões.

A separação foi inevitável. 

Ele foi fraco, não soube superar o golpe que a vida lhe aprontou. 

Assim, perdeu, sem culpa a namorada e depois, a mulher e filhos, que também dele se afastaram...

A família de Sofia a tudo aquilo assistia e sentia uma grande pena de Mirian, mas nada podiam fazer. 

Aquele amor parecia mais forte do que tudo e Reneu, mesmo levando uma vida relativamente normal, parecia apenas esperar o momento do reencontro.

E ele acreditava nisso!

Isso era o que o movia!






27 comentários:

  1. Algumas pessoas dizem que o amor verdadeiro só aparece em nossas vidas uma vez só. Se isso for verdade e eu espero que não seja, só resta a ele ter paciencia mesmo!
    Que triste, mas linda historia!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Chica
    Este foi um amor verdadeiro, mas é uma pena que ele ficou preso ao passado! Afinal, estamos nesta vida para ser feliz!
    Beijos e um ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  3. Chica, muito triste, todavia pode até acontecer. A postagem ensina a gente a reagir para as realidades. A morte é a última fase do desenvolvimento do ser humano. Ela acontece quando a pessoa não consegue mais viver. Não tem idade certa. Não precisa estar na velhice.
    Entendido isso, concluimos que a vida continua e estamos aquí para cumprir nossa missão e principalmente sermos muito felizes.
    Muito legal a postagem.
    Um abraço no coração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  4. Eu acredito que ainda exista amor assim, que nem a morte de um dos dois, consiga separá-los.
    Triste e bonito isso.
    Mas muitas vezes a gente precisa lutar, seguir em frente e tentar ser feliz, pois penso que quem partiu (se vê quem ficou), deseja isso.

    Linda participação Chica querida, emocionante.
    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, Chica! Ouvi relato de um caso real, muito semelhante, mas no caso foi o noivo quem adoeceu no mês agendado para o casamento... e algum tempo depois partiu. Ela, ao contrário do Reneu, enfrentou tudo com muita coragem e alguns anos depois constituiu sua família, e é hoje uma pessoa feliz. Acredito que estamos aqui para superar obstáculos. Viver presos ao passado, quando não temos condições de mudá-lo, só fará tornar o futuro triste, para nós e para os que se aproximarem. Então deixa o que foi belo guardado num cantinho especial do coração, e toca a vida pra frente! Superar é preciso.

    Linda a história. Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. Acho que a Sofia nasceu para passar pela vida do Reneu, mas não pra ficar na vida do Reneu. Portanto, resta ao mesmo guardar a Sofia num lugarzinho bem aconchegante no armário das belas lembranças, e procurar ser feliz com a família.

    Belo conto Chica. Ótima participação.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  7. Oi Chica!
    Que comovente!
    Para ele foi mesmo o verdadeiro amor. Pena que ele morreu junto com ela e o que construiu foi uma fantasia que ele teve dificuldade de carregar.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, linda escrivinhadora do meu coração! Conheço um caso assim, mas ainda bem que o rapaz seguiu em frente e continuou a viver. Bom fim de semana. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Chica,não é facil perder quem se ama,mas a vida continua e temos que toca-la pra frente!Um conto lindo e muito comovente!Bjs,

    ResponderExcluir
  10. Acredito nesses amores eternos, mas é muito sofrimento pra alguém, não? Deixa quem se foi ficar em paz...
    Beijo!

    ResponderExcluir
  11. Bem nostálgico, mas o amor não morreu. Isto é lindo! Abração.

    ResponderExcluir
  12. Que beleza de criatividade Chica. E me parece que esta coisa acontece mesmo.
    Um bom fim de semana com paz na familia.
    Meu carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  13. Oi Chica, tudo bom?

    Te vi no blog da Marion, no encontro de blogueiras.
    Quem sabe fazemos um encontro em São Paulo e vcs. vem p/ cá???, adoraria conhecer vocês pessoalmente.


    Lindo final de semana para você


    Audeni

    ResponderExcluir
  14. Oi Chica! Passando para desejar um ótimo final de semana, com muita paz e muita "SAÚDE" para todos, principalmente, para o jovem operado.

    Abraços e que DEUS os abençoe.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Chica
    Protestei contra você lá no blogue da Moniquinhaquinquinha, rssss, porque você continua uma danada!!! Aonde eu vou, você já passou, sempre adiantada.
    Esta sua história é verdadeira. Se for, coitadinho do moço... Passar a vida sofrendo a esperar um reencontro. Me deu uma pena...
    beijos querida

    ResponderExcluir
  16. Quando se perde alguem que muito se ama é muito difícil ultrapassar...e pode cair-se nesse abismo que leva à auto-destruição.

    Sei do que falo, querida!

    Bom domingo, meu anjo

    ResponderExcluir
  17. Oi Chica,

    Muitas vezes procuramos nos outros respostas que estão dentro de nós. E nos deparamos sozinhos...

    Triste e linda a sua história!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. O amor nao pode trazer sofrimentos, infelismente ele nao soube administrar e sua vida foi alterada pela tristeza e saudade.
    A vida permanece e temos que seguir seu curso, as boas lembranças deve servir de estímulo pra novos amores, nao é?
    abraços Chica
    uma semana de paz,ok?

    ResponderExcluir
  19. Muito querida Chica,boa tarde!!!

    Um grande amor a gente não esquece jamais,a saudade machuca,mas a vida continua e estamos aqui para sermos felizes e fazer a felicidade de outras pessoas...
    Pobre rapaz,além de não conseguir ser feliz,ainda provocou a infelicidade de sua esposa e dos filhos.Muito triste...
    Parabéns,Chica,uma bela história.
    Bjsssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  20. É... a vida tem destas coisas. Pena que ele não soube entender que NESTA vida não era a vez de ficar com seu verdadeiro amor e sim de viver ao lado de Miriam, e aprender outros valores. Por algum motivo a vida o separou de seu verdadeiro amor, e ele não soube entender, distanciando ainda mais o momento de ficarem definitivamente juntos.

    Bela história, Chica querida!

    Muitos beijos.

    ResponderExcluir
  21. Chica..belíssimo novo projeto este seu..adorável seu novo blog! Belas linhas sobre esse sentimento chamado amor que nos proporciona tantas sensações..para o bem ou para o mal..depende do momento e de como o encaramos! Bjks querida amiga ;-)

    ResponderExcluir
  22. É preciso acreditar sempre!
    Mil beijos!

    ResponderExcluir
  23. Chica uma linda e triste história, amiga perdoa a demora em vir, sabes do problema e está piorando, não tenho nem cabeça, perdoa, espero que aí esteja tudo bem, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  24. Nossa,Chica!!

    Que inspiração!!Sabe, nem sei o que dizer...acredito em amor eterno,mas se ele não amava a outra, não foi justo casar-se...magoar as pessoas gratuitamente não é legal...mas cada um...
    Bela participação!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  25. Quando se acredita de verdade, tudo se move a nossa volta. Bjs e ótima semana!

    ResponderExcluir
  26. Muito legal sua estória Chica, creio que seria o ideal se quem perdesse um grande amor, conseguisse superar, entender a situação, arrumar forças, lembrando-se que é temporário e prosseguir a vida, mas bem sabemos que nem sempre é assim que acontece, é uma pena, porque estraga a vida atual que tem, esperando pelo reencontro futuro. Na vida nada é por acaso e nada é definitivo, portanto quando o amor é pra valer, o reencontro é garantido, mais cedo ou mais tarde, como seria bom termos este entendimento, não é mesmo?
    Beijinhos e linda semana
    Valéria

    ResponderExcluir
  27. Muito triste e muito bonito! Que pena que ele não tenha conseguido ser feliz, acho que a Sofia teria torcido por sua felicidade.
    Lindo texto!

    Bjs,
    Mari

    atelierinbox.com.br

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !