♥Nem sempre é exatamente como pensamos...( Um conto infantil)



Edição CONTO/HISTÓRIA do Bloinques

Deve conter essa frase:
E quando eu chegar em casa, eles estarão orgulhosos de mim...

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Juca  passeava pela praia aproveitando seus dias de férias.

Curtia todos os momentos, A praia deliciosa, liberdade de brincar,passear ,respirar o ar puro de lá, bem diferente do de sua cidade,de onde não sentia nenhuma saudade e aliás, nem queria pensar na hora de ter que retornar...

Mas sabia que fatalmente, isso aconteceria...

Estava com os avós e era com eles que fazia as caminhadas e passeios.

Um dia porém, resolveu dar uma voltinha, enquanto vovô dormia.

Não entraria no mar, coisa que sabia não poder fazer sozinho, mas saiu caminhando e observando.

Apesar de seus apenas nove aninhos, tinha idéias de ver um mundo mais legal e limpinho e pensou:
_Vou limpar todo o caminho dessa trilha!

E assim fez. Pegou um saco de lixo enorme e foi juntando cada pedaço de papel, pauzinho de picolé, tocos de cigarros lá atirados por pessoas irresponsáveis e sem consciência.

O saco estava carregado e pesado quando ele voltou.

No caminho de volta pensou:

_Quero ver a carinha de alegria de vovô e vovó ... Vou correndoquando eu chegar em casa, eles estarão orgulhosos de mim...


Isso porém foi o que ele pensou ,pois ao se aproximar da pousada, viu um monte de gente alarmada e nervosa e vovô correndo de um lado ,enquanto vovó olhava e procurava de outro...

De onde estava chamou:

_Vovô! Vovó!!!

Estou AQUI!!! ONDE VOCÊS ESTÃO INDO?

Ao ouvir aquela vozinha, os avós olharam para o lado e  viram Juquinha.  O abraçaram  bastante tempo, porém depois ralharam muito com ele por ter feito aquilo sem  avisar.

_Viste como ficamos preocupados?
Agora só sairás daqui conosco, senão, fim de férias pra ti!

_Mas vovó, pensei que fossem ficar felizes e orgulhosos...

Após  explicar que a atitude dele também tinha sido irresponsável, tanto quanto os outros,se deram um abraço, muitos beijos e aí sim, foram valorizar aquele gesto presente do netinho.

Agora o nervoso havia passado, podiam relaxar...

Juca combinou que nunca mais  faria aquilo, porém  ajudaria a cuidar para que as pessoas perto deles não jogassem lixo, avisando-as.Assim, nem precisavam juntar nada.

Mesmo arrumando pessoas que faziam cara feia para Juca, a parte dele estava sendo feita!
E sobrava mais tempo para brincar...

* imagem Daqui