Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???
Cliquem pra ver!

♥ Quando a chave falta... ♥




Edição conto/história do Bloinquês

Tema: Notou que havia perdido a chave e não conseguiu entrar.


(((o)))o(((o)))o(((o)))

Na casa de Tereza o amor passava longe.

Seus  pais apenas a haviam fabricado, sem nenhuma noção. Fora um momento de sexo e , segundo a  mãe, um momento apenas ...Sem nada mais importante, sem sentimento algum...

E por desgraça, como a própria mãe dizia, dela engravidara.

Assim, Tereza nasceu e se criou.

Tentava passar seus dias  alegremente, com doçura e tinha uma garra e boa vontade com a vida.

Anos e anos passaram e ela na universidade percebe que Rodrigo sentia algo por ela.

Várias vezes tinha isso declarado.Ela ignorava. Fingia  não entender e seguiam juntos, apesar de cursos diferentes estudando, fazendo trabalhos e até passeando nas horas de folga.

Certa noite, ao voltarem para casa, Rodrigo lhe disse que precisava falar e dessa vez, não brincava. Estava sério, sisudo.

E , ao sentarem em um barzinho, para conversar,lhe pediu:

_ Vamos nos casar? Gosto muito de ti e sei que tu também sentes isso por mim.

Ela nem pestanejou:

_ NÃO! Isso NUNCA!

Rodrigo a segurou pela mão e levou embora e, na despedida,disse que ela havia tomado uma decisão , mas que ele também tinha, naquele minuto, decidido não insistir.

Porém, não queria mais ficar perto dela, para não sofrer e alimentar ilusões.

E assim foi.

 Ambos concluíram seus   cursos e no dia da formatura de Rodrigo ela resolveu aparecer lá.
Queria dar um abraço e lhe dizer que ainda pensava muito nele e sentia sua falta.

Após a cerimônia, viu a família dele e resolveu chegar perto, o que facilitaria o abraço.

E de repente, ele aparece, feliz, com seu canudo na mão. Era um vitorioso. ela o sabia! E vinha de braços abertos para um abraço...

Ela se preparou...

 Porém, ele correu ao encontro de uma outra pessoa, uma moça linda e sorridente .

Tereza a olha bem e nota uma barriguinha...

Ela estava grávida e vê , de longe, Rodrigo mostra ao filho, na barriga da mãe, o canudo que carregava, num gesto de quem o oferece...


Ela sai dali triste, arrasada.
Naquela hora, só então, notou que havia perdido a chave e não conseguiu entrar, nem nunca mais  conseguiria chegar perto do coração de Rodrigo.


A chave era o AMOR e ela o temera, dele fugira.


Agora, consciente da situação, triste, toma uma decisão...


Sua vida haveria de mudar!


Desejava ao Rodrigo toda felicidade para ele e sua nova família, mas teria que correr atrás do amor e para isso, precisava abrir o coração.


Nunca mais perderia nenhuma dessas chaves... Não queria pra si a vida de sua mãe.


E saiu resoluta.


Naquela noite, fechara um capítulo de sua vida, mas muitas páginas, lindas e agora cor de rosa, haveriam de vir. Ela merecia!


* Imagem daqui

25 comentários:

  1. Bom dia Chica, nossa que coisa hein? emocionante mesmo.
    Que bom que ela acordou e resolver ir em busca do amor e da felicidade.
    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. É Chica. O ambiente em que ela cresceu, sem amor entre os pais, ficou gravado no subconsciente dela e então no momento de decisão ela teve medo.
    Tem muita gente assim, por aí, por aqui, por lá. Com muito medo de ser feliz.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Chica, que história essa, e o desenlace, inesperado e fascinante.
    De grande ensinamento e alerta para muitos, inclusive euzinha aqui, que vivo "perdendo a chave" e depois vejo que já era...rsrs.
    Parabéns!!!
    Adorei!!

    Beijos de um delicioso dia e uma semana de muita paz.

    ResponderExcluir
  4. Chica, linda história... Emocionante, amei.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  5. Histórias marcarm, tomar consciência para não repetí-las é o que nos conta com sua história. Abrir a porta e poder construir sua própria história, sem sermera repetição de um "scriipt" familiar.bjs

    ResponderExcluir
  6. Seria esse um tipico caso daqueles que a felicidade bate na porta só uma vez?! Perdeu a chance coitada! Muito bom p refletir e se jogar sem medo de ser feliz! bjoooo boa semana amiga

    ResponderExcluir
  7. É minha linda quantas vezes já perdemos uma chave por medo, mas a vida tem que ser vivida com felicidade e garra, se não der certo...começamos de novo.
    Bjo no coração.

    ResponderExcluir
  8. Chica, tá aí uma chave que quando se perde fica dificil reencontrar!Muito lindo seu conto!Bjs,

    ResponderExcluir
  9. Chica, é aquela coisa que gaúcho diz: cavalo encilhado não passa duas vezes...

    Beijos, amiga!

    ResponderExcluir
  10. Uma historia em que os pais não souberam dar o amor que a filha precisava e assim acabou perdendo a chave.
    Emocionante...
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  11. Oi Chica!
    Por medo podemos perder muito na vida. Devemos manter o coração aberto para vivenciar o que a vida nos oferece de bom.
    Obrigada pelas palavras amigas e solidárias lá no blog!
    Também aprendi a custa de sofrimentos o quanto perdemos por nos fecharmos para o novo.
    beijinhos e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  12. Ola Chica,
    Eis uma história comovente mas que nos serve de exemplo para não deixarmos o que temos que fazer hoje para amanhã. O tempo passa e pode ser tarde demais!

    Abraços, Flávio.

    --> Blog Telinha Critica <--

    ResponderExcluir
  13. Oi Chica, que lindo texto, a minha chave peguei-a logo, namorei, noivei, e casei em quatro meses, feliz até hoje, Já se passou treze anos, deixei o coração dar o primeiro passo e abri a porta para o meu amor entrar.
    Beijos e um forte abraço

    ResponderExcluir
  14. Uma lindo conto pela plastica amiga e esta mensagem de nunca fechar-se para as oportunidades.A vida tem estas peças para que seja encenada.Otima construção Chica.
    Uma bela semana a voce e familia.
    Meu carinhoso abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
  15. História triste,mas deixa um fio de esperança no final.
    O amor é sempre o amor e precisamos estar de olhos e coração aberto para não deixá-lo escapar por causa de nossos medos,inseguranças e incertezas.
    Grande abraço,

    ResponderExcluir
  16. Oiee !!
    Personagem com meu nome,rs....gostei.
    é realmente triste quando não entendem que estamos ofertando uma vida para compartilhar...sei como é isto.
    Bjs e td de bom pra ti.

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde, querida amiga Chica.

    Lindo e muitas vezes, real.
    Perdemos a chave, e sabemos que dependeu de nós.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Pelo menos algo de positivo aconteceu. Com certeza ela aprendeu a lição. Linda história Chica.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  19. AHH CHICA, QUE DELICIA DE LEITURA, QUERO SEMPRE LER,PODERIA FICAR HORAS AQUI QUE NÃO ENJOARIA NUNCA, MAS JA IMAGINEI TANTA COISA,MAS QUERIA QUE VOCÊ TERMINASSE,RSRSR

    LINDO COMO SEMPRE!

    ResponderExcluir
  20. Bom dia,Chica!!!

    Puxa...QUE LINDO!!Uma bela inspiração em?!
    Existem oportunidades que são únicas, se a perdemos temos que procurar outra...que bom que ela abriu os olhos e resolveu mudar de atitude!!!
    Adorei a criatividade!!!Usou a frase no figurado e ficou ainda mais bela!
    Beijos!!!Com chuvinha, tregua no calor(espero..rsrs)!!

    ResponderExcluir
  21. Lindo o conto, serviu para que repensasse sobre a minha vida e queira novamente abrir as portas do meu coração para o amor...sei que ainda tenho muita coisa linda para viver, vou seguir o conselho e ser feliz, amei, beijos

    ResponderExcluir
  22. Não devemos decidir, o passo que daremos, de forma tão impensada em situações importantes. É aí, que corremos o risco de "perder a chave" e nunca mais recuperá-la...

    Muito criativa, chica, e muito VERDADEIRA, a sua crônica.

    Um beijo,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  23. Decisões repentinas e sem análise, podem ser definitivas, para nossa tristeza. Gostei muito de sua postagem, até porque, colocou esperança e amadurecimento no final.

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  24. Sim Chica muitas pessoas perdem a chave, por medo, por querer primeiro concluir seus ideais, achando que o amor iria atrapalhar, e quando se dá conta o trem passou na estação e ela não pegou, eu acho tão triste, muito bom para quem fica no chove e não molha meditar, amei, beijos Luconi

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !