Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

♥Nas ladeiras da imaginação! ♥

Imagem daqui

Ladeira abaixo, para as crianças uma verdadeira folia..

Desciam correndo, depois a subida era cheia de apostas...

O primeiro, ganharia!

Tantas vezes a  ladeira, pela família percorrida...

Hora da escola, compras, vai e vem e nem sentiam a subida...

Hoje, nem mais ladeiras, nem mais folias...

Crianças cresceram, tudo de carro é percorrido!

Insegurança da  cidade tomou conta...

Se caminharem, correm risco.

Se carregarem suas sacolas pesadas, podem pelo bandidos, serão, certamente roubadas...

Se de carro forem, ao estacionar, descer ou no carro de volta entrar, podem ser rendidos...
Por quem? Ora! pelos bandidos!

Ela então, nas ladeiras de sua imaginação, corre.  Corre muito. Liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiivre!!!

Agora pode correr, agora pode brincar !

Ainda bem,! A imaginação, essa . pelo menos  por enquanto, ninguém a pode roubar!


chica

17 comentários:

  1. E viva e época da inocência em que as pessoas podiam conversar nas ruas, as crianças brincando colorindo os céus com suas pipas.
    Hj o que vemos é medo nos olhos das pessoas =/


    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Chica :)
    Em lindos versos, vc descreveu um retrato social...
    As ladeiras agora, não recebem mais a folia e brincadeira da criançada.
    Ainda bem nossa imaginação não pode ser roubada!
    Como sempre um texto excelente.
    Desejo uma semana maravilhosa!
    bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Chica
    Que triste, não, vivermos desta maneira, saudade dos tempos que nossos medos eram outros, bem mais simples.
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde Chica!
    Mesmo que eu ñ queira amiga eu morro de ri com suas histórias...
    Ainda bem que não podem roubar a imaginação, se não perderíamos a sua que tanto bem nos faz.
    Obrigada por ter essa imaginação que nos contagia.

    Bjssss

    ResponderExcluir
  5. Ainda bem que isso ainda não nos podem roubar: nossa imaginação! Vamos correr muito e criar muito!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente não temos mais a liberdade de brincar na rua como antigamente! Linda sua poesia e me trouxe belas recordações! bjs,

    ResponderExcluir
  7. Os tempos mudam e nem sempre para melhor.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Oi Chica! Sempre uma linda história/estória! Não te preocupes, caso te roubem a imaginação, ela rapidamente se regenerará com maior intensidade.

    Abraços,

    Furta

    ResponderExcluir
  9. Taí Chica! Falou-se em furtar, furtaram o (do) do Furtado. Rsrs.

    Abraços,

    Furtadodododododododododododo...

    ResponderExcluir
  10. Verdade, por enquanto nossa imaginação pode correr solta... até quando não sei, srrsrssr

    Bjus 1000 sua linda !!!

    ResponderExcluir
  11. Imagem muito bonita... Mensagem valiosa!
    Que bom que a imaginação é nossa e podemos tê-la sempre livre... É uma questão de escolha e cativo... Imaginar coisas boas é muito saudável!...

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. E como brinquei em ladeiras rsrsr, é vdd a imaginação por enquanto ninguém pode roubar.

    ResponderExcluir
  13. Oiii Chica, me lembrei das ladeiras de Ouro Preto, na minha infância não vi muitas ladeiras minha cidade é muito plana, fui ver mesmo depois de adulta, imagino descer uma ladeira dessas de bicicleta, mas como vc disse já nem se brinca mais na rua hoje em dia! Bjosss

    ResponderExcluir
  14. LIndo Chica, como pode nos tirar o direito de sermos livres? Triste como caminha a humanidade.
    Bjo no coração

    ResponderExcluir
  15. Oi Chica! O Literatura & Companhia estava ansioso para saber o que Chica escreve por aqui e, para sua satisfação, encontrou uma bela história/estória.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  16. Oiee.....lindo, me fez lembrar minha infância, onde sempre quando saíamos e passavamos perto da pracinha a brincadeira se resumia em correr e em um trecho em especial tinha uma grade para escorrer agua da chuva e inventavamos que era o trilho do trem.....e saíamos a marchar imitando o barulho do trem piuitatatá....rsrsrs....seus textos me alegram e confortam o coração.Bjkss

    ResponderExcluir
  17. Chica, você sabe muito bem como está o país e especialmente nossa cidade: um caos de violenta. Lembro quando eu descia uma ladeira interminável para ir para o colégio, e depois a subia. Sem medo, livre! Lembro quando brincávamos (à noite) na calçada, com toda a vizinhança da rua, no bairro Petrópolis. Esse seu texto me deu saudades e coloquei a rua no Google! Meu Deus, a casa é outra e aquela rua não é a mesma. Como pode ter mudado tanto as coisas; hoje as lembranças estão somente na mente, não adianta querer visitá-las - não existem! Tudo mudou.
    Beijo!

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !