Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???
Cliquem pra ver!

♥ Sob o vestido... ♥


Minha participação no Momento de Inspiração da Mamyrene:

 Participem também!


(((o)))o(((o)))o(((o)))

Vanice era linda.

Usava sua beleza para lhe abrir portas na vida...Sabia ser bela e disso aproveitava-se.

Passava por cima de preceitos, normas, usava e abusava.

Cedia aos pedidos masculinos, mesmo sem importa-se se conhecidos, maridos de amigas...Nada lhe importava. Bastava apenas subir na vida...Fosse como fosse!

Assim ,mesmo ainda nova, tinha ótimas condições financeiras.

Mais ponderada agora, estava finalmente num relacionamento sério, pela primeira vez na vida.  E chegara o dia, em que se casaria com ele, Batista.

Ainda em sua casa,onde aconteceria a cerimônia e  recepção aos amigos, senta-se e pensa.

Olhando para a grande roda da saia de seu vestido de noiva, um certo sentimento de inquietação lhe toma conta do peito e questiona-se:

_Será poderei eu ter direito à felicidade após ter desfeito tantos relacionamentos?

_Será tenho o direito de ser feliz, tendo usado e abusado de tantos que pela minha vida passaram?
Olha novamente  e pergunta-se:

_Quanta sujeira tenho guardada sob esse vestido? Quantos segredos terei guardados  para iniciar esse relacionamento de verdade?

 Enquanto pensa, ouve o movimento na sala principal de sua mansão, enchendo-se de convidados.

Chega a hora...

Mas e Batista? Onde estaria que ainda não aparecera?
A ansiedade tomava conta agora... Todos já estavam ali, quando Batista chega, provocativamente, de mãos dadas com Jurema...

Ela quase não acreditava naquilo...Mas era o que tinha para ver.

Batista fora o único que planejara um golpe, como ela sempre fizera e Jurema, era a ex-esposa de um dos tanto quantos tiveram seus casamentos arruinados por sua presença  e intromissão em suas vidas.

Agora chegara a hora do troco da vida...E que momento esse troco esperara para chegar!

Soberbamente, sem perder a linha, Vanice sai da sala.

Deixa a incumbência de avisar os convidados  e  celebrante ao encargo da  cerimonialista.  Sai dali, vai ao seu quarto...

Com uma tesoura corta aquela cauda em pedacinhos. Um após outro.  Nessa tarefa não derrama uma lágrima sequer...

Pica tudo, coloca numa sacola... Pega seu carro, dirige sem rumo até chegar em um cemitério...

Lá, diante de um  túmulo , acende um fósforo e espera até o último pedacinho do vestido virar cinza...
Sai dali, olha para o relógio.

_Ainda dá tempo,pensa friamente!

Dirige rapidamente para uma balada onde jura fazer de tudo para  recomeçar sua vida.

Não quer mais subir na vida. Já não precisa disso! Mas seguirá o seu rumo, como antes!

Fará de tudo para estragar quem por perto dela mostrar ter amor.

Sem atenção,dirigindo velozmente, foi ao encontro de um caminhão, também em alta velocidade.
Choque fatal para ambos, carbonizados...

Só assim morre a amargura que morava em seu peito!

Vanice não foi feliz, estragou a felicidade de tantos, pagou por isso...

Na cidade, no dia seguinte, era o fato mais comentado!  De uma ou outra forma, ela conseguira chamar a atenção mais uma vez.Nem lhe importava se por bem ou por mal.

Fato é que ninguém falava algo bom ao seu respeito...

Vida que ganhou, usurpou, desperdiçou...

E, agora, como as cinzas de seu vestido rodado, pelos ares se espalhou!

chica

22 comentários:

  1. Bom dia Chica,
    Uma história triste,
    e existem tantas 'Vanices' ,
    que sentem satisfação em arruinar relacionamentos alheios.
    Mas a vida tem efeito bumerangue...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Chica,e como existem histórias semelhantes à essa!
    É triste,mas foi a escolha que ela fez.
    bjs amiga e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente, há por aí muitas Vanices! Gostei mito, como sempre, da sua participação! Bjs

    ResponderExcluir
  4. Nossa, Chica, que isto, que fatalidade e desgraça; achei que você daria uma 2ª chance à Vanice.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Uau,que conto forte! Gostei da lição de vida que o Batista deu nela...rss...ninguém tem sangue de barata! Final imprevisivel,muito bom! bjs,

    ResponderExcluir
  6. Olá Chica, parabéns!
    É uma história triste, mas como sempre muito bem escrita. Gostei muito.
    Desejo uma feliz Semana Santa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Chica... fiquei até sem ar, lendo o conto sem respirar! Parabéns! Bjks Tetê

    ResponderExcluir
  8. Vanice colheu o que plantou, né?
    ´Perfeito o seu conto, Chica
    Aliás como tudo que você escreve
    Um beijinho de boa noite para tí
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  9. Uau que imaginação! Letras bem alinhavadas nesta história de mazelas sem aprendizado para a protagonista. Parabéns. Adorei
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Nossa, viagem agora lendo essa história maravilhosa!
    Parabéns Chica, ficou perfeita!
    Bj
    Com carinho

    Blog- Femme Digital- Mãe, Esposa, Mulher!
    Fan Page Femme Digital

    ResponderExcluir
  11. É o preço que se paga quando se é desonesto a até consigo mesmo.O Batista soube guardar para o momento oportuno a resposta que ela merecia.Conheci uma história mais ou menos parecida.
    Abração.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Estou totalmente envolvida com o seu Blog...nossa eu começo ler e esqueço da Vida, rsrsrs, a não ser q. o meu Pequeno venha me chamar, kkkk
    Adorei...
    Um super bjo!

    Alê- Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  13. Emocionante!! Ela recebeu o que merecia e nem se quer teve a chance de se redimir.
    Parabéns Chica.
    bjs.

    ResponderExcluir
  14. Ai, ai
    eu torcia pela Vanice cometer mais uma maldade, rsrs
    ademais, só é enganado quem se deixa enganar, (brincadeirinha)
    o fim dela foi trágico demais,!
    mas você é a escritora, rsrs
    beijos
    Zizi

    ResponderExcluir
  15. Se a vida tivesse destas justiças seria bem mais simples a vida.

    Eu penso que ela deveria ter outra oportunidade.

    Já jesus disse que viria buscar os pecadores.
    os justos não precisam, mas quem são eles?

    Gosto desta forma de tornares a simplicidade como constituinte da vida.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Poxa vida, Chica, pelo menos não virou santa depois de morta, como acontece sempre...
    Um texto que a gente imagina de um jeito e nos surpreende no final.
    Lindo

    Beijos e ótima Páscoa pra vc e família.

    ResponderExcluir
  17. Nossa, Chica, excelente participação! Bjssss

    ResponderExcluir
  18. Oi Chica querida, que lindo! Adorei sua participação!
    Tenha um ótimo final de semana e feliz Páscoa para você e família!

    ResponderExcluir
  19. Minha querida Chica

    Hoje passando para desejar uma Feliz Páscoa , plena de amor e paz, junto de todos que te são queridos.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  20. Oi Chica pelo texto como sempre!
    Pena que ela morreu, seria ótimo se ela tivesse uma segunda chance.
    Não digo que sejas para se arrepender, pelo contrário...Pelo menos ela soube usar o que era dela e se eu fosse desse tipo seria assim mesmo, se bem que ñ sou linda, mais dá de graça jamais.
    Um bom finalzinho de Domingo amiga!
    Bjsss

    ResponderExcluir
  21. Oi Chica, é a Vi, Janice não era facil não, mas hoje em dia muitas moças usam desse artificio para subir na vida, pagam faculdades, compram imoveis, carros, é o tal vale tudo.
    Lamentável a sociedade em que estamos vivendo.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  22. Nossa! É a realidade em que vivemos. História trágica, mas deixou uma boa lição! Conto muito bom! Gosto de ler o que você escreve.
    Também estou participando do "Momentos de Inspiração", mesmo tardiamente. Dê uma olhadinha.

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !