Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

  ♥ Num provador ... ♥


Imagem daqui

Minha Participação no Projeto Conte com 77 palavras

Desafio nº 112

Não sei se vou sobreviver depois de propor isto, mas acreditem que é divertido!!!

No vosso texto, há 15 palavras que vos dou. No fundo, só precisam de escrever 62…
São elas:
Claro – três vezes
Escuro – três vezes
Estúpido – três vezes
Esperto – três vezes
Mexe-te – três vezes
(podem adaptar as palavras, claro)

(((o)))o(((o)))o(((o)))


-Podes  alcançar a saia azul claro da vitrine ? Mexe-te, por favor.Tenho pressa!

-Claro, mas só encontrei  a azul escuro.

-Claro como? Ela esta lá ao lado da verde escuro.

-Nada vi lá!

-Que vendedor “esperto”, és!Mexe-te!

-Minha esperteza te fará corar!

-Tua estupidez fez teu pensamento escuro, falta-te luz...

-Estúpido ,eu?

-Estúpida  eu!

Sai , só de calcinhas. Busca a saia desejada.

-Não disse que era esperto? Belo desfile!

-Mexe-te, agora! Arranja novo emprego! Serás demitido !





♥ Quem sabe? ♥

Dunken K Bliths

Onde andará meu amor?
Sarah ali triste o globo a girar,
a cada volta ,pensamentos que iam e voltavam...

A brisa movia ligeiramente a cortina,
o espelho mostrava seu braço em movimento...

Ela, na intensidade de seus pensamentos , nem atina...
Girava rápido demais...
Na vida para respostas importantes paciência temos que ter...

chica


  ♥ Ó, que dó!!! ♥



Essa é minha participação no blog das 77palavras...
Desafio RS nº 42

Tarefa:
Bom, vamos lá partir a cabeça… com a palavra ESCOLA!

Que palavras encontramos com as letras (não precisam de ser todas!) de escola?

Tentem encontrar muitas, vá, é divertido «sofrer» com isto – não podem ser menos de 6!
Depois, já sabem, escrevam um texto com elas!
Ah… NÃO PODEM USAR A PALAVRA ESCOLA NEM FALAR DE ESCOLAS!

((o))o((o))o((o))

Com a palavra ESCOLA, formei as seguintes palavras:

CALO- ALÔ- SOLA-ESCOL-CELA-SACO- SOL

Lá vai meu texto...

((o))o((o))o((o))

Vera, num dia de SOL, foi ao shopping. Precisava de um sapato lindo. Sabia exatamente a loja onde o encontraria. Lá tinha sempre o ESCOL, o top.
Assim foi. Encontrou, adorou, comprou saiu de lá com ele no pé. Andou e eis que seu dedão gritou: ALÔ, estou apertado, terei um CALO.
Ela o pega pela SOLA, raivosa o atira numa CELA, sem pelo menos o colocar em um SACO.  Certamente alguém o acharia e feliz ficaria!