♥Quando falta o amor! ♥
 







Tinham um apartamento que havia sido presenteado  pelos seus pais já pensando em garantir um canto para que não mais precisasse  se preocupar . Acontecesse o que acontecesse, um teto teriam para morar garantido.

Num momento de loucura, foi o imóvel vendido, em combinação com a parceira...Viveram as glórias do dinheiro que claro, acabou...  Sairam de um lugar seguro, limpo, normal e foram para um verdadeiro muquifo...

Tiveram dois filhos... Por falta de pagamento, dali foram despejados.

Por um ato de generosidade, conseguiram alugar uma casa onde era previsível, criariam as  crianças...

Briga, confusões e  na hora de renovar o contrato, assim não aconteceu.  Novamente os agora quatro, na rua da miséria...

Mais um ato de generosidade em atenção às crianças...Novo lugar para que morassem foi providenciado...

Tratativas, comprometimentos, promessas... Ali seriam felizes, foi o convite feito à ela, diante da família. 

Data da mudança...

Lá fora, um dia lindo ,ensolarado.

Porta da casa velha fechada...

Passos rumo ao novo...

Esperança no ar...

Enquanto o caminhão de lá saia rumo ao novo, dois pares de olhos envelhecidos já, olhavam ao céu, suplicando ...

E no pensamento e coração a vontade de que não mais fossem fechadas portas e portas, mas que uma porta, a do coração daquele casal mutante, fosse aberta...

Precisavam achar a felicidade e ela abriria todas as portas, deviam se abrir ao amor...

Mas assim não foi...

Outra casa, uma para cada um...

Até quando essa peregrinação ?

Enquanto os mais velhos existirem, olharem a cena com amor e estenderem a mão, eles viverão..

E depois???

Quantas desventuras serão ainda penduradas nos varais?

Triste dúvida e inquietação!

chica