Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???
cliquem pra chegar lá!

  ♥ E de repente nº 4♥



Hoje ,terça-feira, dia de mais essa  brincadeira para exercitar a criatividade...

Trago uma palavra e iniciando por  E DE REPENTE, criar uma frase, um conto, uma história, uma piada ,um verso, enfim  o que a imaginação mandar
CLARO QUE CONTENDO A PALAVRA DADA NA SEMANA !!!

A palavra hoje é :  SAUDADE


Vamos brincar?

E DE REPENTE ela chegou...Veio de mansinho...

Primeiro com uma música, depois com uma lágrima que escorreu no canto dos olhos...  Instalou-se, sentou-se , ali ficou...

A saudade de um tempo de tranquilidade, dos filhos pequenos, até da irresponsabilidade que deixava tudo com gostinho melhor.  

Porém, teve seu momento, foi convidada a acordar para a realidade e os dias de hoje...

Assim o fez! 

E vocês?

Vamos lá?

Podem deixar nos comentários !

17 comentários:

  1. E de repente...A saudade chegou e deixou meu coração triste.
    Bela inspiração Chica.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  2. Oi Chica, lindo...

    E de repente...Enquanto fazia meu prato com polenta, couve, quiabo com caldinho...a SAUDADE foi se instalando junto com as memórias.
    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Humm até eu mineirinho saudoso das Gerais, de repente senti saudades da saudade que atacou a Dalva.Meu prato preferido.

      Excluir
    2. Que legal,Dalva e ainda mexeste com as saudades do Toninho com esse prato.Valeu e muito! bjs

      Excluir
  3. Bom dia Chica. Ficou um pouco grande.

    E de repente senti um frio estranho, pensei ser ela, pois fazia tempo que não me assediava e nem me tentava nas noites frias e solitárias. Mas sabia que só poderia ser ela, que tem inteiro acesso e domínio sobre meu coração. Vem em forma de cheiro de mato de Alecrim, ás vezes vem com cheiro de terra molhada, outras numa deliciosa tangerina sendo descascada logo pela manhã.
    Sim a saudade nem sempre é controlável e assim trás em sua mochila, coisas que eu nem acreditava, que ainda poderia existir. Mas ela sabe onde se abastecer, antes de empreender viagem para o meu cotidiano e assim se instalar por alguns momentos e ou dias. É uma companhia ousada, vem e pronto cria todo um frisson e confesso que gosto dela, e assim sentada ao meu lado, vamos rabiscando versos e rimas simples e às vezes bobas, mas falamos da vida, do amor e das saudades das saudades. E de repente esta saudade faz poemas que vou espalhando por aí falando de nós.

    Meu abraço amiga e bom feriado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ADOREI e abriste foi teu coração falando dessas saudades que nele cabem e surgem até de uma bergamota descascada pela manhã! Adorei! abração,obrigada! chica

      Excluir
  4. E de repente bateu uma saudade ao entrar no quarto e ver a cama fazia!!!
    Bj e gosto do seu texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo e dá mesmo saudade nessa hora...beijos, obrigada! chica

      Excluir
  5. Boa noite Chica,
    aqui vai minha participação:

    'E de repente ela percebeu que não existe saudade
    gostosa de sentir...aqueles que partiram fazem falta e deixaram uma lacuna em seu coração...'

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda e profunda...E fazem mesmo muita falta os que partiram! beijos, obrigada! chica

      Excluir
  6. - E de repente veio a saudade do amor do meu coração. O que consola meu coração nas tardes frias, alegra meu viver nas tardes que caminhamos por aqui ao pôr do sol...
    O meu bem amado, o meu Pequeno Príncipe de todo entardecer. O sol que me ilumina meu coração. A saudade doi.

    Olá, querida amiga Chica!
    Palavra linda pois é prova palpável do amor.
    Seja muito feliz e abençoada!
    Bjm de paz e bem


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda e tão bem inspirada como sempre,Rosélia! Adorei! bjs

      Excluir
  7. E de repente, ele começou a sentir saudades de tudo aquilo que havia perdido. Só percebeu o valor das coisas depois que as perdeu!

    Bjs do Neno

    ResponderExcluir
  8. E de repente dou por mim a pensar na minha vida no que fiz no que poderia ter feito, e lembro do meu querido papá falecido vai para 11anos e da minha mãe falecida há menos de 1 mês e penso que saudade das suas vozes...sinto-me muito só...

    ResponderExcluir
  9. Essas lembranças doem mesmo! Linda frase! bjs, obrigada

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !