quarta-feira, 21 de outubro de 2020

♥ BC Na casa da vizinha ♥


Essa é minha participação na BC   lá da Teresinha e Cris...

O tema desse mês:
Eu já fui criança um dia!

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Há muitos e muitos anos, quase século 😊, fui criança... 
Carinha de santa, com trancinhas...

Já contei por aqui ,em algum dos blogues que já nasci apressadinha e por pouco, nasci num penico... Imaginem... Nasci um verdadeiro ratinho magrinha, pequeninha... E, no primeiro banho, minha mãe , bem supersticiosa, colocou a aliança na água, pois assim eu ficaria com a pele clarinha como a da  branca de neve...
Deu certo: fiquei brancola, cara pálida e ainda com olheiras,rs... O quadro da dor,rs...Urso panda é fichinha,rs...

Mas, segui...Cresci, fiquei um nenê bonitinho  e gorduchinha... 
Fui a quarta filha de cinco. Após meu nascimento, chegou mais uma caçulinha. Foi tri legal, família grande... 

Fui uma menina sapeca, gostava de brincar e era bem doce... 

À medida que cresci, fui ficando danadinha, nas aulas era rapidinha ,fazia logo as tarefas e depois sobrava tempo pra folias... 

O que mais gostava na escola era o recreio, mas mesmo assim, ia sempre bem com  as notas...

Brinquei muito de bonecas, trocava roupas nelas, fazia chá de batizado delas e pra mim, todas tinham que ser com cara de bebês, não gostava daquelas com cabelos e arrumadinhas como meninas já grandinhas.
 
Preferia os bebês para mamadeiras dar, trocar fraldas.. E assim, parecia estar me preparando pra ter os meus quatro filhos e toda correria alegre decorrente da chegada  de cada um deles..

Gostava muito de correr, pular corda, escalar o que desse... Pular janelas! Esse gosto, passei pra toda minha turma que quase me enlouqueceu de tão safadinhos e peraltas.... 

Sempre ,desde pequena, quando aprontava alguma, ouvia  dizer : 
-Tu vais pagar tudo isso, vais ter filhos que vão fazer isso, aquilo, etc... 
E quando chegou essa minha fase, adorei vê-los danadinhos, pois mostravam e esbanjavam saúde, graças à Deus.   Mas quando faziam das deles demais, lembrava as palavras ouvidas...

Bom, para não fazer jornal aqui, digo que fui uma criança bem normal e sempre que pude, brinquei muito...
Gostava de aventuras... Até o ponto de meus pais pagarem ônibus escolar pra ir e voltar da escola, no Rio de Janeiro e eu, de repente, pegar um bonde e ir passear nas Americanas... Imaginem!  Se fosse hoje isso!  

Mas tudo acontece na hora certa. Não caiu nenhum pedaço meu...

Brinquei, fiz folias, me diverti, depois namorei, casei e me diverti brincando novamente com cada fase dos meus pimpolhos lindos e, mais uma fase chega para a criança que fui: ser vovó... 

E nessa fase, revivi brincadeiras, tudo de bom ...

Claro que nem tudo, nem na fase de criança, nem na atual, foi ou é, um comercial de "margarina"... 

Mas tudo valeu...

Tudo deixou alguma lição! 

Basta saber viver e não deixar que a dureza dos dias ,com a idade que tenho, tome conta.  Se perdermos a graça, se nos perdermos da criança que fomos, tuuuuuuuuudo estará perdido! 

Assim, vamos que vamos e a carrego dentro de mim. Uns dias, ela nem quer acordar, noutros faz pirraças e diz que não quer aparecer , mas noutros, sem que eu a chame, ela chega e me faz brincar... É tão bom! 
 
Acho que no dia que me for ela irá comigo, mas será mais lembrada do que a dona...Deixará mais saudades, na certa!

beijos e vão lá ver o que as outras participantes nos contaram... 
chica

16 comentários:

  1. Chica!!!! Qta doçura por aqui!!
    Estou amando os relatos da infância..
    Adoro ler suas aventuras.. Sempre alegre e com uma boa pitada de nostalgia..

    Gostei de todo o relato que sempre fico a imaginar.. O pensamento vai longe..
    Mas amei sobre isso:

    "Uns dias, ela nem quer acordar, noutros faz pirraças e diz que não quer aparecer , mas noutros, sem que eu a chame, ela chega e me faz brincar"

    Que coisa linda, é bem isso... E qdo quer brincar, deixemos que ela dê asas à imaginação e nos faça felizes!!

    Agradeço tanto suas participações na BC e me despeço da suas postagens sobre ela com muita saudades..
    Obrigada pela riqueza de detalhes e o tempo despendido a ela..

    Love you..
    Fique com Deus ❤️
    Até uma volta, quem sabe?

    Tê e Maria 🖤

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde de paz, querida amiga Chica!
    Que lindeza de relatório!
    Nossa criança interior é linda.
    A sua foi sapeca e lhe deixou com um bom humor maravilhoso e, no alto astral,nos leva a saltitar diante das alegrias e saltar ante adversidades.
    Parabéns pelas fotos e por conservar seu espírito infantil!
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  3. Que delícia ler seu texto tão cheio de alegria e sabedoria, também amei as fotos, que meiga na primeira foto de trancinhas...Imediatamente vi o ar da Marina na menina Chica, genética é incrível. Infância comportada demais é muito chato!

    ResponderExcluir
  4. Muito grandiosa e gostosa de ler a sua infância e as peraltices também! rsrs

    Para sempre é fundamental conservar a criança dentro do coração conforme você faz em todo o viver, que se torna pleno!

    Beijo!

    Renata e Laura

    ResponderExcluir
  5. Peço desculpa Chica, mas hoje passo apenas para deixar um beijinho.

    Adélia

    ResponderExcluir
  6. Chica, a crônica de sua vida ficou encantadora. Da infância feliz ficou até a experiência rss, pois sempre gostou de brincar com as bonecas. Você era uma lindinha e ser sapeca constituía sinônimo de saúde e vivacidade. Sempre há bom humor em seus textos. É a menina que mostra não ter abandonado você. Amei! Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Querida Chica,
    Adorei ver-te e ler-te e sobretudo saber que estás bem...
    Uma biografia infantil, mas uma história linda. A minha não foi assim: eu era a mais velha e os meus pais eram austeros, pelo que eu nem me atrevia a pensar em pisar o risco.
    Tudo pelo melhor. Beijos
    ~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  8. Oi, amiga Chica!
    Gostei de seu texto. Saudades! Sabe, eu nasci numa rede... E criança eu era muito tímida. Hoje tenho medo de falar em público. Bem, eu só não tinha medo de recitar poesias... rsrs.

    ResponderExcluir
  9. Muito bom ler mais sobre você Chica, que já sabia uma grande parte desta jornada. Um tempo bom mesmo de mais liberdade e segurança. Brincadeiras criativas e interativas, muito diferente dos meninos criados em playground. Muito bonito ver você nesta BC das meninas para passar experiências e vivencias de um tempo diferente de algumas, mas que traduzem uma felicidade de ter sido criança.
    Gostei.
    Meu abraço de paz e que Kiko esteja cada dia melhor e animado.

    ResponderExcluir
  10. Primera vez que llego hasta este espacio, y muy bonito este tema acompañado de entrañables fotos de infancia.. Una etapa que debe perdurar en el alma siempre , jamás dejar de ser niños porque es lo que nos mantiene a salvo de TODO... Un abrazo grande desde Argentina

    ResponderExcluir
  11. Oi Chica, que lindeza de fotos!
    E que alegria e empolgação contar as peripercias da infância... tempo bom demais!
    E que preciosidade vc acompanhar com seus netos e lembrar e viver juntos com eles as alegrias da infância!
    Um privilégio, que maravilha!
    Obrigada por ter vindo conosco em todas as blogagens, feliz por esse projeto e por findado com um tema que nos encantou demais.
    bjs, Cris

    ResponderExcluir
  12. Amei, Chica.
    Um belo jornal, cheio de história, uma longa jornada bem vivida, com alto e baixos como toda casa e família, mas que vale a pena ser vivida...
    É bem isso que você, a nossa criança está aqui dentro de nós, hora está mais feliz, hora mais chatinha, mas vamos administrando com amor e paciência, porque a vida vale a pena ser vivida...
    Beijos
    Ju

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Chica.
    Quê relato lindo da sua infância e como ainda conserva na alma a alegria da criança quê sempre permanece em nós. A vida tem aprovações, mas também muitas lições e alegrias. Espero de coração quê vocês já estejam bem. Um abençoado final de semana é um grande abraço para vocês. Lembrança ao Kiko, Jesus Cristo ama vocês.

    ResponderExcluir
  14. Que menina linda, Chica! Adorei saber mais da sua história! <3
    Um grande beijo para você!

    ResponderExcluir
  15. Chica, eu tinha fitas assim como as tuas, um pouco xadrez que minha mãe enlaçava nas maria-chiquinhas!
    As peraltices e traquinagens são pura expressão de criança saudável e é isso o que mais queremos para nossos filhos e netos e certamente nossos pais assim o desejaram para nós!

    É claro que a criança que você foi um dia ainda está aí dentro de ti. Adormecida, sapeca, feliz, quieta... tudo isso nos habita.
    Uma alegria conhecer pedacinhos dessa fase da tua vida.

    Infelizmente não consegui participar, mas agora estou a ler cada travessura das meninas. Uma alegria ter participado com você e com as demais nesta interação.
    Que possamos continuar interagindo!
    Um beijo para vocês!
    Ana Paula

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !