♥ Um pacto...


(((o)))o(((o))o(((o)))

Tarde tranquila...
Batem à porta.
Denise abre  e não vê ninguém. Olha adiante e vê uma sacolinha com flores dentro.

Leva um choque...São roxinhas,singelas e lindas ,exatamente iguais às que ganhou de Peter quando o namorou...

Nessa hora, um filme passou pela sua cabeça...

Chega mais perto, à procura de um bilhete qualquer e nada encontra.

Entra então, deixando lá fora as flores, mas sua cabeça fervilhava e o coração batia forte e descompassado.

Lembrou bem do momento quando Peter, ainda no hospital, parecendo antever sua partida, lhe oferece com voz fraca e baixinha, flores que pedira para alguém encomendar.Nelas, um bilhete:

"Sinto que minha hora está próxima.Vou te deixar! 


Quero que lembres de mim, com alegria sempre como a que tenho certeza, terás ao olhar essas flores.


E, como um pacto de amor, te digo que podes ter certeza que flores iguais a essas ainda te farão muito feliz, assim como mereces. 


Te amo e amarei para sempre. Teu Peter


* Esse é meu pacto de amor...Sinalizarei, podes crer! Aguarde!"


Sacode a cabeça como acordando das recordações do passado e pouco depois, batem à porta novamente.

Ao atender, vê um jovem senhor que agora tinha o pacote com as flores nas mãos e diz:
_ Denise Rumter?

_ Sim, sou eu...

_Tenho essas flores para lhe entregar.

_ Quem as mandou?

_ Por mais esquisito que possas achar, tive um sonho estranho onde devia entregar flores assim como essas neste endereço  e para essa pessoa, que agora vejo à minha frente...Parece sonho,mas é real!

Há dias venho passando , procurando e me surpreendi quando verifiquei que realmente o endereço existia.Fiquei curioso, comprei as flores  vim...

Ela recebe as flores, sente o perfume e pergunta:

_ Qual o seu nome?

_Pedro . E sabes o que me foi dito  no sonho? Que aqui eu encontraria a felicidade perdida.

Denise, nessa hora, lembrou imediatamente do bilhete de Peter e do pacto...

Pede licença, entra em casa, guarda as flores com cuidado e muito carinho e aceita o convite para tomar um café com Pedro.

Hoje, após alguns meses,  Denise e Pedro moram juntos e em sua casa não faltam as flores roxinhas, que para estarem sempre presentes ,até em telas foram pintadas...

 Só eles sabem o que elas simbolizam...

E nem querem pensar muito, querem apenas viver a felicidade...


* Imagem vi na Vivian  e me inspirei!