Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???

Querem ver o que temos no chica brinca de poesia???
Cliquem pra ver!

♥ Decepção pode ser de qualquer tamanho...




22ª EDIÇÃO SENTIMENTO do Projeto Suas Palavras
Sentimento tema: DECEPÇÃO


(((o)))o(((o)))o(((o)))

Ela  era a quarta filha de cinco irmãs...

Uma escadinha e apenas meninas.

A mãe de origem alemã, fazia questão que todos  frequentassem
 uma igreja luterana , numa  pequena  cidade de colonização alemã.

Era costume dia 23 de dezembro haver um culto antecipado de Natal , onde ocorriam encenações de presépio, cantos das crianças ,tudo muito lindo.

Mas ela era danadinha e após cantar, já começava a ficar indócil para que aquilo não demorasse, esperava a parte melhor , na sua cabecinha de então...

Acaba  tudo e todos, cantando se dirigem à saída da Igreja onde a surpresa para as crianças pequenas existia.

Ela ansiosa, esperava a sua vez... As senhoras distribuíam,  colocando as mãos em grandes sacolas enfeitadas e...Nada  chegava para ela. 

Eram dados pacotes de bolachinhas de Natal, feitas pelas senhoras da comunidade , todos em saquinhos enfeitados, cheirosas e apetitosas. 

E que decepção!

Ela foi colocada do lado dos grandes. Já não cabia mais na fila dos pacotes pelo seu tamanho. Apenas suas irmã menor ganhou!

Foi uma grande decepção, mesmo que por um motivo tão pequeno. Até hoje, já velhinha. lembra daquela noite em que chorou sozinha ao dormir, pelas bolachinhas que não ganhou e ainda lhe chegam lagriminhas nos cantinhos dos olhos.

Mas hoje, não de decepção e  sim de saudades!

Coisas que marcam! Tinham um outro sabor...

Ela, havia naturalmente crescido e agora para superar ,ainda faltava crescer  obrigatoriamente por dentro de sua cabecinha,sr...

Imagem Daqui

31 comentários:

  1. É Chica, estas coisas marcam...e depois que crescemos entendemos. Mas enquanto crianças...ah!Como dói estas decepções...
    E na véspera de natal...que coisa...
    Tomara que a menina agora ganhe muitas bolachinhas, com o recheio especial do amor!!
    Lindo texto!!Sempre muito bem inspirada!!
    E rapidinha!!rsrsr
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Ah que judieira isso.
    Pior que certas decepções marcam para sempre.
    Claro que com o passar do tempo, nós a vemos com outros olhos, mas são inesquecíveis.
    Imaginei a menina com a feição de decepção, indo embora pra casa sem o saquinho com bolachinha.

    Ficou ótima sua participação Chica.
    Parabéns!!!

    Beijos Chica querida.

    ResponderExcluir
  3. Chica
    Que decepção para uma criança!
    Quando adulto até entende, mas fica marcado por toda vida, infelizmente é a vida.
    Beijos e uma boa noite

    ResponderExcluir
  4. Que encanto!
    Parecia que via cada detalhe da narração.
    Que linda essa menina grande e saudosa.

    Beijinho Chica.
    Nanda

    ResponderExcluir
  5. Tem coisas que nossa cabeça não processa mesmo como se pensa.Acho que todos temos uma bobagem desta,que vem e nos balança.
    Parabens Chica pela bela arte.
    Um abração.

    ResponderExcluir
  6. Oi Chica!
    Andas fazendo pequenas mudanças, heim? Adorei o cursor de joaninha.rsss
    Estas coisinhas da infancia nos marcam muito mesmo, podemos esticar no tamanho, mas a criança dentro de nós sofre.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Chica....Amo o sentimento que vc coloca em sua escrita!!

    Parabéns por ser assim..

    bj

    ResponderExcluir
  8. Chica,

    Há experiências muito marcantes e que podem até se tornar traumáticas a ponto de jamais serem canceladas na vida de uma pessoa.É bom quando se consegue verbalizar isso sem precisar de terapia(rss).
    Abraço carinhoso,

    ResponderExcluir
  9. Oie Chica,

    ainda no natal que e uma data tao especial, tadinha vai lembrar para sempre...
    Adore ler seu blog.
    bjos

    ResponderExcluir
  10. Ai Chica,que dó!Isso acontece muito,mas é um erro de julgamento,pois nós mulheres,crescemos mais depressa,mas geralmente somos crianças por dentro!Eu me lembro de um Natal frustante quando eu tinha 11 anos e queria ganhar uma boneca,mas ganhei uma roupa...fiquei chateada tb,porque eu ainda gostava de brincar e não perceberam,pois eu era alta...rss...coisas da vida,amiga!Lindo seu conto!Bjs,

    ResponderExcluir
  11. Olá Chica,
    Obrigada pela visita e comentário, pena que não está me seguindo...rsrs
    Fiquei sem saber em qual dos seus blogs participava...são tantos...escolhí este!
    São bem criativos, parabéns!
    Adorei a Joaninha.

    Volte sempre, será um prazer recebê-la!!
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Chica...
    Que lindo...Adorei sua narrativa....A Nina é minhas gatinha...hoje vim te convidar a conhecer o Meu Cantinho no Japão....
    Beijos!
    San....

    ResponderExcluir
  13. Oi Chica, que lindo esse cursor de joaninha!
    Só você mesmo...
    Essa historia está me parecendo um rito de passagem. Que falta de "noção" dessa mulherada!
    Então de um ano para outro você já é adulta e não precisa mais ganhar biscoitos? Que coisa mais ruim para uma criança.
    Devia ao menos ter um prêmio de consolação, sei lá...
    Sou totalmente solidária com você. Sabe o que devias fazer agora?
    Um saco (desses de embalar travesseiros) cheinho de bolachinhas decoradas e cheirosas.
    Sentar-se em frente à televisão e comer muuuuuuuuito!!!! rsrsrsrsrs
    Não vai ajudar na saudade, mas vai ser bem divertido!
    beijo querida, boa tarde!

    ResponderExcluir
  14. às vezes também sinto essa saudade...e choro...lágrimas sentidas...em vão.
    Bj

    ResponderExcluir
  15. Chica,
    Para mim foi impossível ler este texto e não acionar a minha criança. Fui lá no infinito de mim mesma e recuperei algumas cores perdidas nos caminhos já trilhados. Seu texto acionou muitos sentimentos latentes! Lindo!

    ResponderExcluir
  16. Coisas de aulto insensível!!!!Bjs amiga.

    ResponderExcluir
  17. Que lindo querida chica...essas coisas maracm mesmo a vida gente...oque foi para ela um sofrimento pelas bolachinhas...hoje traz saudade....
    eu sinto assim também quando me lembro de muitas coisas no meu passado que sofri..e hoje me dá um aperto de saudade...
    muitos beijos
    boa noite
    titi

    ResponderExcluir
  18. Oi Chica, tudo bem com voce?

    Quando adultos, as vezes temos várias decepções,
    mais já conseguimos compreender, mais uma criança,
    não entende.

    Mais depois de muitos anos, a lembrança vem sempre,
    ainda que por um motivo tão simples, mais pra ela na época, não era simples.

    adorei esse relato.

    um beijo

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  19. Chica minha querida
    parecem coisas sem importãncia no entanto nos marcam demais, existem marcas que jamais desaparecem numa criança depois adulta.
    Amei ler e comoveu-me porque eu tenho marcas de infãncia que não me abandomam.
    Que essa menina hoje possa comer tudo quanto lhe apetecer.
    Beijinho muito grande bfs

    ResponderExcluir
  20. Adoro a forma como escreve, leva-nos numa viagem a conhecer personagens lindíssimas e riquíssimas. As deceções fazem parte da vida e as da infância marcam para sempre. Eu tenho um primo que fazia anos no dia em que faleceu o avô e então ninguém se lembrou do seu aniversário e ele ficou com essa mágoa que o marcou para sempre! Bjs

    ResponderExcluir
  21. Ai que dó da menina! rsrsrs
    Mas é assim mesmo, tem uma fase complicada da vida da gente, quando não somos grandes nem pequenos... e aí sobram decepções!
    Interessante como essas coisas da infância e pré-adolescência marcam... Não se transformam em trauma na maioria dos casos, pois aprendemos a conviver com as frustrações, mas marcam sim, e para sempre!
    Adorei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Ah Chica tadinha, criança é sempre criança, não importa o tamanho, ainda mais que a irmãzinha tinha ganhado, um belo conto, adorei beijos Luconi

    ResponderExcluir
  23. Olá, Chica, entrei no teu blog por acaso, achei muito legal mesmo, não queria sair sem comentar, parabéns!
    Aproveito a oportunidade para te convidar (sem compromissos) ao meu que é de literatura.
    Um abraço desde Argentina.
    Humberto.

    ResponderExcluir
  24. Oi Chica estas coisas marcam a gente qdo criança mas convido você para ir neste link no Chá da tarde e tomar um Cházinho comigo com bolachinhas de Natal espero você,
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Voltei esqueci de deixar o link,hehe
    http://www.blogger.com/post-edit.g?blogID=7541425118159491443&postID=5988356826982009503
    beijinhos

    ResponderExcluir
  26. Ou no arquivo do blog
    dezembro 2010,postagem do dia 17/12/2010,
    vai lá tá?beijinhos

    ResponderExcluir
  27. O cursor da Joaninha é muito giro. Eu adoro
    joaninhas.Mais um espaço.
    Tudo bem? Desejo que sim.
    Bom fim de semana.
    Bj/Irene

    ResponderExcluir
  28. Também eu sou a quarta entre cinco irmãs :)

    Só que lá em casa, também nasceu um menino (logo depois de mim).

    Me lembro de muitas decepções na infância.
    Essas coisas a gente nunca esquece!

    Beijos, Deus abençoe

    Cid@

    ResponderExcluir
  29. Ah, eu também choro de saudades boas...
    E acho tão bom! rss
    Adorei, Chica!
    Um beijoooo!

    ResponderExcluir
  30. Assim como você meu simbolo de natal são as bolachas pintadas. Lindo..
    Amei.

    Estou com interação de amigos na coletiva
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    Um grande abraço
    Sandra

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !