♥ O raiozinho de sol... ♥

Madeleine, sentada ,triste, olhava para sua casa e viu o filme em sua cabeça passar...

Viajou nas lembranças...Foi longe, até um passado relativamente perto, mas tão distante...
.............

Era inverno, fazia muito frio, mas o solzinho lá fora aquecia as peças da casa.

Todo tempo que ele aparecia, era aproveitado para dar luz e calor ao ranchinho de Madeleine e Jonas.

Ambos trabalhavam muito, haviam deixado as casas dos pais para morar juntos, vivendo o seu amor.

À noite se encontravam e, apesar do cansaço, curtiam o merecido descanso e os momentos juntos.

Mas, naquela noite, quando Madeleine retorna para casa, encontra Jonas deitado, ainda com suas botas de trabalho, roupas sujas e com os olhos inchados de tanto chorar.

Ela se assusta e já em seus braços, assustada, fica sabendo que ele fora demitido.

_ E agora? Questiona o marido? Como haveremos de fazer para pagar nosso aluguel e contas?
O teu salário é pouco e não conseguiremos sobreviver apenas com ele.

Assim, após o susto,Madeleine disse então:

_ Ora ,Jonas, arrumarás outro trabalho, verás!

_ Não é fácil, não será fácil!

A partir daquele dia, Madeleine saía de casa cedo, trabalhava e chegava em casa onde, além de ter tudo por lá  esperando por ela para fazer, via Jonas com olhos esbugalhados, aparência suja e rosto com barba por fazer.

Jonas havia se transformado , se nada fizesse , seria um mulambo...

...................


Já de volta dos pensamentos, via a casa que agora, que estava sempre fechada. Faltava vida nela!

Rezava todas as noites e pedia ajuda para Jonas, que ele tivesse coragem e cabeça para em frente seguir...

Pedia uma força, uma ajuda especial para que ele voltasse a acreditar nele, voltasse a ser o Jonas que conhecera e escolhera pra junto viver...

E, em meio à uma noite, com muitas chuvas e temporais, batem à porta...
Era o vizinho da casa mais próxima que, desesperado, pedia ajuda , sua esposa estava mal e precisava que fossem buscar socorro na cidade...

De imediato, Jonas apenas coloca uma enorme capa de chuva, entra no velho carro que tinham, quase nunca usado, mas que servia para essas horas.  Foi até a cidade, trouxe o médico que atendeu  a vizinha, fazendo-a voltar para vida! No trajeto, conversou com o médico, falou de sua situação e dificuldade de encontrar emprego. Apenas não mencionou o verdadeiro motivo: não o procurava.

Os agradecimentos dos vizinhos foram muitos e daquele dia em diante, Jonas passou a mudar.  

Dias depois, levou a mulher e o vizinho que não tinham carro à cidade para uma revisão o doutor. Ia e voltava sentindo um grande bem estar dentro dele.

 Numa dessas idas para a consulta da mulher, ao lá chegar, recebe uma proposta de trabalho do médico, que estava sem  funcionários num sítio e precisava gente que conhecesse o trabalho, sem precisar que nada lhe fosse dito.
Oferecia um ótimo salário , assistência médica, em troca de que o sítio ficasse em condições de produzir frutos, verduras e tudo mais.

 Convite aceito, trabalho assumido e Madeleine  exultava de felicidade.  Agora, os dois saiam cedinho novamente, tudo andava bem.  

A casa?  Agora irradiava alegria e novamente o sol por ela entrava...

Já chegara a primavera e flores pelo jardim se podiam ver florescer.

Mas, a mais linda flor , cultivada naquele ranchinho onde o amor voltara, pelo visto, ainda demoraria para florescer...Seria o fruto do amor que soube junto enfrentar as dificuldades... 

Ainda faltava muito, mas os primeiros sinais apareciam...Madeleine enjoava, mas mesmo assim, agradecia a chance que tinham ganho...Era  um presente! Seria mais um raio de sol a enfeitar por lá!

No momento que Jonas sentiu-se novamente útil, foi capaz de tudo...

Até mesmo de aumentar a família que veria a luz do sol brilhar sempre por lá! Era o que pediam e agradeciam a cada dia!

Vi aqui