Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?

Querem ver o que temos lá no coisinhas da chica?
Basta clicar!

♥ Segredos e vidas... ♥


Participando dessa B C do blog da Patrícia Galis:

(((o)))o(((o)))o(((o)))

A família toda estranhava o comportamento daquela mulher.

Aparentemente tinha uma família normal. Era porém poderosa ( ou pensava ser), temperamento forte, egoísta até não mais poder.

Em seu verbo, a primeira pessoa do singular era a mais falada , citada e respeitada.Existia o eu, eu, eu, eu, eu  e só então passava a dar lugar para outros...  Todas as SUAS vontades pareciam ser ordens ao marido, que como um carneiro obedecia.

Ela dizia-se simples, porém seus gostos eram os mais requintados. Desde os chocolates que só  serviam os estrangeiros, às revistas estrangeiras igualmente ,bem como tudo mais na casa.

O relacionamento com as filhas deixava a desejar.Tinha sentimento de culpa por neglicenciá-las e assim vivia.

Os anos passaram e ela a apresentava sinais de depressão.  Tinha um segredo dentro de si e parecia que esse queria sair.

Um dia, ela, tomada pela depressão e desespero, tomou comprimidos para dar fim à sua vida.

Entre a vida e a morte, teve forças de chamar uma das filhas e contar que ela não era filha daquele pai que pensava, o mesmo das suas irmãs.

Disse:

_Teu pai ,não é teu pai!  E com a voz embargada e língua já dura, conseguiu dizer o nome do verdadeiro que, no entanto já havia morrido.

Ela, salvou-se e  após um mês em coma, voltou à vida, mas já havia mexido com a identidade da filha que precisou de muita força interior para se recuperar daquela mudança  em sua vida.

Um segredo revelado, e para a filha, mesmo sem direito de cobrar ou julgar, precisava sentir dentro de si o  perdão.

 De início, era aparente, mas  depois de muitos anos o verdadeiro perdão surgiu.

Assim o segredo revelou tão claramente a bondade daquele pai que a criara, pois ele sabia desde o pimeiro momento que não era o verdadeiro pai  e sempre agiu como se o fosse.

A mãe ainda hoje parece ter segredos a contar...

As filhas imaginam que muito terão para encontrar nos escritos e nas coisas da mãe quando ela falecer.

 Porém juntas, fizeram um pacto para preservar as suas sanidades: nenhuma lerá nada que lá for deixado.

Segredos outros  ficarão para a eternidade.Melhor nem mexer!

Lisa Miller sobrevive ainda  e pelo que tudo indica, sobreviverá até às filhas ,que desejam que viva bem e feliz enquanto der!

33 comentários:

  1. Bom dia Chiquinha, hj vamos ver tantas
    histórias bonitas, e cada um com sua imaginação
    gostei dessa e do segredo ótimo talento para escrever
    Bjuss com carinho de sempre

    __________Rita!!!!

    ResponderExcluir
  2. Segredos! Melhor guardá-los..
    Beijinhos Chica

    ResponderExcluir
  3. Bom dia amiga Chica que linda historia adoro ler tudo que voce escreve parabens tenha um lindo dezembro um abraço com carinho marlene

    ResponderExcluir
  4. Oi Chica
    Que mulher misteriosa, ah, se eu fosse uma das filhas não me contentaria com o silêncio, iria querer saber tudo sobre a vida cheia de segredos da mãe.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Gostei da história e tem segredos que é melhor deixar ficar... Nada de revelar!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  6. Oi, Chica!
    Depois de uma vida vivida segredos como esse revelar? Quais outros segredos Lisa Miller haverá de ter? Acho que Lisa Miller, pensando que morreria, não queria sair de cena e simplesmente passar seu lugar!
    Merece continuação... daí você conta os outros segredos!! (rs*)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  7. Beleza de texto!!
    Guardar segredos por muito tempo, sem ter estrutura psicológica para tal, dar nisto aí...Enfim, cada um sabe de si!!
    abçs

    ResponderExcluir
  8. Um belo conto!.Creio que segredos sempre dificultam a vida de todos.
    É bom que não existam.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Olá Chica,

    Um belo conto, muito interessante o enredo da história...

    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Fiquei pensando quantas famílias não passam por isso, pelo menos no conto o pai tratou bem a menina mesmo não sendo dele.
    Estou muito feliz por ter aceito participar...bjus.

    ResponderExcluir
  11. Oi Chica !
    Arrasou hein?!
    Muito bom seu conto.
    Penso o mesmo que a Patricia e acredito que muitas famílias escondem esse tipo de segredo...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Uma mulher de difícil convivência e com segredos dolorosos.
    Gostei da forma que fez o pai assumir a filha achei lindo.

    ResponderExcluir
  13. Chica que história mais instigante! Quantos segredos pessoas sufocam em seu coração uma vida inteira não? Isso corrói a alma. Belo desfecho e fiquei na curiosidade: quais serão os outros que ela não revelou? Também estou participando e adorando essa blogagem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Parabéns !
    Um segredo que pode acabar com uma família.
    Bela participação da BC.

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito até pq vivi algo parecido minha mãe descobriu qdo fez 16 anos que não era filha do meu avô e isso causou o rompimento entre mãe e filha por 24 anos infelizmente, somente qdo minha avó estava morrendo ela e minha mãe reataram.
    Fiquei comovido com o que li.

    ResponderExcluir
  16. Bom dia, Chica! Tem segredo que é melhor msm nem ser revelado! E como muda a vida das pessoas, né?! Ótima história! Parabéns!
    Bjs
    www.viveraprendendo.com

    ResponderExcluir
  17. Às vezes precisamos morrer um pouco para contar nossos segredos!
    Lindo Chica, faz pensar...
    Beijinho,
    Beth

    ResponderExcluir
  18. Que belo conto! Muito dolorida a situação,mas ainda bem que com o tempo veio o perdão. Emocionante demais! bjs,

    ResponderExcluir
  19. Segredo que fazia sofrer e adoecer a alma... Tanta dor e agonia guardadas misteriosamente! Ainda bem que houve descobertas/gritos de esperança... Cura interior é passo a passo e a vida inteira, né?!
    Quanto menos Lisa Miller guardar segredo melhor... Não basta sobreviver, O BOM MESMO É VIVER!

    Parabéns, Chica, bonita participação!

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Chica, você é danadinha
    Sempre arrasando, hein?
    Linda participação!!
    Parabéns!
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  21. Boa participação!

    Bons sonhos, linda.

    ResponderExcluir
  22. Chica... quem nunca teve que guardar um segredo e levá-lo ao túmulo? Acho que todo mundo deve ter um... ou quase todo mundo, ou muita gente, ou algumas pessoas, enfim, segredos a gente não conta por aí, né?
    Beijos, queridona!!

    ResponderExcluir
  23. Que história !! Gostei muito. E que filhas sensatas. Os segredos não revelados são como castigos dentro da alma e podem adoecer.
    bjs. Chica.

    ResponderExcluir
  24. Oi Chica! Mais uma vez nos presenteias com uma bela estória, fruto da tua fértil imaginação.

    Abraços e muita paz prati e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  25. Boa história! Coitada desta mulher! E mais ainda da família que conviveu com ela. Sua saúde mental é zero! Você escreve bem!
    Altas horas da noite fiz meu conto. Gostei de ter participado"
    Abraço.

    ResponderExcluir
  26. Amiga Chica,

    Creio que todos ocultamos algum segredo na nossa vida. Porém, quando revelado, ou descoberto, pode causar sofrimento...
    Parabéns, minha amiga. Gostei da tua criatividade unida ao realismo.

    Beijos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/2013/12/o-segredo-de-lisa-miller.html

    ResponderExcluir
  27. Sim,sim,senhora,gostei imenso,tudo aqui escrito com bastante sentimento. Um fantástico mês de dezembro para ti e até breve!! Beijinhos fofinhos!!

    ResponderExcluir
  28. Oi Chica!
    Sua história lembra os casos das novelas, muito mistério e suspense. Ninguém conseguiria viver com esse segredo para sempre. E o perdão, esse sempre é merecido, não é?
    Um grande e saudoso abraço!

    ResponderExcluir
  29. Oi Chica, linda história!
    Ótimo final de semana para você, beijos!!

    ResponderExcluir
  30. Eu tenho uma amiga, psicóloga, que diz que tudo que alguém escreve é para ser lido, pode ser timidez ou dificuldade de se expressar verbalmente. Diga para as filhas lerem! Depois eu digo o endereço da psicóloga :))). Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  31. Conto como sempre, cheio de emoção e sentimentos.

    Obrigada pela visita, sempre bom ler tuas palavras de carinho, Chica. Bjus e tenha uma linda semana.

    ResponderExcluir
  32. Pois é... pra quê revelar após tantos anos e o pai já falecido? Que diferença faria se o padastro foi ótimo?
    Gostei, a insensatez está sempre presente, doa a quem doer!
    Beijos, Chica!

    ResponderExcluir

Que bom te ver aqui !